Jovens são presos e confessam assassinato de canoinhense

Compartilhe:
A Polícia Civil de Porto União prendeu na madrugada de domingo (06), dois jovens suspeitos de terem assassinado com golpes de faca o canoinhense Pedro Teodoro de Araújo, de 52 anos, cujo corpo foi encontrado em uma cachoeira na tarde de sábado (05), em Porto União.

Segundo o Delegado Regional Nilson Cezar, a DIC iniciou as investigações imediatamente após o encontro do cadáver.

Os policiais começaram a efetuar diligências, a fim de coletar informações que levassem a identificação dos suspeitos, e após contato com os familiares e amigos da vítima, os policiais conseguiram identificar os possíveis autores do crime. Eles foram localizados em uma casa noturna, em Porto União, na madrugada de domingo.

Na delegacia, os jovens confessaram a autoria do crime. Foto: Polícia Civil
Os dois jovens foram presos e durante a interrogatório, um dos suspeitos,  C. W. G. de 19 anos, confessou a prática do homicídio.
Ele confessou também que seu amigo G. B. M. de 20 anos, estava no local do crime e teria auxiliado.

Os dois juntos arrastaram o corpo da vítima até a cachoeira do Km 13, a fim de ocultar o cadáver e dificultar sua localização.
C. W. G. e seu amigo G. B. M. fugiram do local, utilizando o veículo Fiat Uno preto de propriedade da vítima, e esconderam o veículo no meio do mato.

Veículo da vítima foi abandonado em um matagal. Foto: Polícia Civil
Depois de ouvidos, os dois autores da morte de Pedro Teodoro Araújo passaram pelo Instituto Geral de Perícia (IGP), para o exame de corpo de delito, e em seguida, foram entregues na Unidade Prisional Avançada (UPA), onde ficarão à disposição da Justiça.

Segundo a Polícia Civil o homicídio aconteceu após um desentendimento entre eles, mas não divulgou maiores detalhes e nem quando exatamente aconteceu o crime.