Jovem de 17 anos se dá mal ao comunicar falso crime, em Canoinhas

Nesta quarta-feira (02), a PM de Canoinhas foi acionada para atender uma ocorrência de furto de veículo.
Em rápido deslocamento, equipes da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas - Rocam, com apoio da Rádio Patrulha, encontraram o "veículo furtado", na localidade do Cerrito.
O automóvel estava danificado devido a colisão contra um barranco.

Depois de verificado e apurado a situação, descobriu-se que um jovem, de 17 anos, fez um falso comunicado de crime. Neste caso, de furto de veículo.

Com medo das consequências, jovem comunicou falso crime. Foto: PM/Canoinhas
O jovem havia tomado posse do veículo, pertencente a seu pai, sem permissão. Após sofrer o acidente de trânsito (colidir contra o barranco), ligou para a polícia e fez a falsa comunicação de furto, achando que assim iria se livrar das consequências, tanto por parte do pai quanto da polícia.

Diante da situação, o menor foi apreendido e conduzido para providências.
O crime de comunicação falsa de crime ou de contravenção está previsto no artigo 340 do Código Penal Brasileiro. ... ARTIGO 340 CP: "Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado:"
Pena: Detenção, de 1 a 6 meses, ou multa.
A PM alerta que "jamais poderá ocorrer uma situação desta, policiais militares colocaram suas vidas em risco nos deslocamentos em alta velocidade".