Quase mil metros de rede são apreendidos pela PM Ambiental de Canoinhas

Compartilhe:
Neste final de semana, uma guarnição da 3ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental em Canoinhas, realizou operação de pesca na represa Frascal e na represa Batã do município de Santa Cecília.

Que em fiscalização aquática na represa Batã, a guarnição flagrou dois masculinos na margem da represa, saindo da água com um barco e que no seu interior, havia uma rede lambariseira de 30 metros de comprimento, com vários peixes presos.

Em conversa com os masculinos, foi verificado que o condutor da embarcação não possuía habilitação e segundo ele, o motor pertencia a terceiros.


Diante dos fatos, foi apreendido o motor e notificado os dois masculinos, flagrados pescando com rede, para se apresentarem na sede da 3ªCia/2ºBPMA, acompanhados do proprietário do motor, para esclarecimentos e tomada de medidas cabíveis.


Em continuação à operação de pesca na represa, foram localizados aproximadamente 300 metros de redes armadas, onde não foi possível identificar os proprietários, sendo recolhidas pela guarnição.

Ainda na represa Batã, a guarnição abordou mais dois masculinos que possuíam carteira de pescador profissional, sendo que eles haviam armado redes de forma irregular, ultrapassando o limite permitido de 1/3 do rio.


 O primeiro pescador, havia armado várias redes em sequência, amarradas umas nas outras, chegando a um total de 253 metros, sendo que a largura da represa nesse local é de 280 metros. O segundo pescador, havia armado também várias redes em sequência, chegando a um total de 401 metros, sendo que a largura da represa nesse local é de 515 metros.

Diante dos fatos, a guarnição notificou os dois masculinos, para se apresentarem na sede da 3ªCia/2ºBPMA, para os procedimentos cabíveis.