Mudanças no trânsito de Canoinhas: o que será que vem por aí?

Está marcada para a próxima quarta-feira, 21 de março às 19h00, a Audiência Pública onde será apresentado à população canoinhense o estudo que, supostamente, apontará as medidas que podem ser adotadas para melhorar o trânsito no município.

 Rua Cel. Albuquerque com Rua Barão do Rio Branco. 
A empresa Insight Engenharia e Consultoria Ltda foi contratada em 2017, por
R$ 14.950,00, para analisar o fluxo existente e apresentar sugestões de melhorias.

Na época da assinatura do contrato com a Insight Engenharia, o prefeito Beto Passos e os representantes da empresa saíram às ruas a fim de visualizar alguns dos problemas do trânsito. Eles foram também ao campus da Universidade do Contestado de Marcílio Dias. “A empresa vai nos apontar medidas que são necessárias para tornar a Wendelin Metzger mais segura”, enfatizou o prefeito Beto Passos na época.

Rua Paula Pereira esquina com Caetano Costa onde pode-se notar ciclista, pedestre e motociclista, que também devem ter entrado no estudo contratado. 
O modelo que temos em Canoinhas não agradou a população e aos usuários. Nós não podemos errar nas alterações que são necessárias e só uma empresa especializada pode nortear as tomadas de decisões que trarão mais segurança para pedestres, veículos, ciclistas e demais pessoas que estão diariamente no trânsito”, justificou o prefeito.

Calçadão da Felipe Schimidt deve ser aberto para melhorar o trânsito no centro. 
A Audiência Pública será conduzida pelo responsável pelo estudo, o engenheiro civil e especialista em engenharia rodoviária Jurandir C. de Lyra Júnior, segundo nota divulgada pela prefeitura.

O estudo já foi apresentado aos membros do Conselho Municipal do Plano Diretor -COMPLAN que irá aguardar a Audiência Pública para emitir parecer sobre o que será ou não feito no trânsito.

Então, dia 21, TODOS os canoinhenses rumo à Câmara de Vereadores, para ouvir o que o governo tem a dizer sobre as prováveis mudanças e para debater e questionar o que será apresentado, se é que darão oportunidade de voz à plenária.

Aguardando os próximos capítulos...