Pesquisar neste site

Jovem fica em estado gravíssimo após ficar submerso por 10 minutos em rio, em Florianópolis

Um Peugeot 307 caiu no Rio Itacorubi no começo da tarde desta sexta-feira (02),  em Florianópolis, na Avenida da Saudade.

Vista aérea do local do acidente. Divulgação/WhatsApp
O motorista, Artur Latronico, 23 anos, seguia no sentido Centro quando bateu nas barreiras de proteção, invadiu a calçada e caiu na água.
No local, testemunhas disseram que o carro teria sido fechado por um caminhão, por isso perdeu o controle.
O condutor do caminhão fugiu do local.

Populares ajudaram no resgate antes da chegada dos Bombeiros. Imagem: Ricardo Wolffenbuttel/DC
Segundo relato policial, o teto solar do Peugeot estava aberto, o que fez com que o veículo afundasse mais rápido. Várias pessoas se mobilizaram para tentar retirar Arthur da água. 

Depois de ser retirado da água desacordado, ele foi reanimado pelos bombeiros e levado para o Hospital Universitário (HU) ainda inconsciente. 
Populares ajudaram no resgate do motorista e do veículo com o apoio de um caminhão da coleta seletiva da Comcap, que tem o depósito nas proximidades.

Pelas redes sociais a família de Artur informou que, por ter ficado muito tempo submerso, o estado de saúde dele era considerado gravíssimo. Artur está internado na UTI. 

Caminhão da coleta seletiva foi usado para retirar o veículo da água.Divulgação/WhatsApp
O pedreiro Alcides Carlos Fuzinatto, de São José, estava dirigindo no mesmo sentido e atrás do Peugeot. Ele foi um dos primeiros a parar o veículo e se jogar na água. 
A dificuldade, segundo ele, foi porque os vidros e as portas estavam fechados.

"Não dava pé dentro da água, por isso estava difícil. Mas conseguimos quebrar o vidro para tirar ele. Acho que ele ficou uns 10 minutos lá embaixo" contou o pedreiro.

O jovem foi reanimado mas levado em estado gravíssimo ao hospital. Divulgação/WhatsApp
Pelo menos outras cinco pessoas pularam na água para ajudar no resgate antes mesmo da chegada das equipes dos bombeiros. A atuação dos populares foi fundamental para o socorro.

Postagem feita por familiares de Artur. Facebook/Reprodução
Artur foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu. O helicóptero Águia, da Polícia Militar, também trabalhou na ocorrência.