Físico brasileiro, de Itaiópolis, participa de importante descoberta científica

Compartilhe:
Uma nova descoberta do estado físico da matéria teve repercussão mundial na última semana.
Sólido, líquido, gasoso e plasma são os estados que todo mundo aprendeu na escola, mas os cientistas acabam de provar que, em condições extremas, há mais um estado físico da matéria.

A nova descoberta teve a participação de um catarinense, o físico Germano Woehl Jr, que juntamente com cientistas da Universidade de Harvard, Instituto Max Planck, da Alemanha, Universidade de Tecnologia de Viena, Áustria, e da Rice University, Houston, Texas, descobriram novo estado da matéria. 

Germano Woehl Jr é natural de Itaiópolis e doutor em Física. Reprodução/Facebook
Chamado de Polarons de Rydberg, esse estado é criado em temperaturas extremamente baixas, quando um elétron órbita seu núcleo a uma distância tão grande que outros átomos cabem dentro dessa órbita.
A fraca ligação entre essas partículas forma os polarons de Rydberg.


Ilustração dos polarons de Rydberg. Foto: Tu Wien

Germano é doutor em física pela UNICAMP, pesquisador titular do Instituto de Estudos Avançados, em São José dos Campos/SP e nas horas vagas se dedica na defesa da Mata Atlântica através do Instituto Rã-bugio.

O físico é natural de Itaiópolis/SC e fez o ensino fundamental e médio nas escolas públicas estaduais de Itaiópolis e São Bento do Sul.

Juntamente com sua esposa Elza Nishimura Woehl, criou a organização social ambientalista Instituto Rã-bugio para Conservação da Biodiversidade, sediada em Jaraguá do Sul/SC que promove o contato com a natureza de crianças e adolescentes através de atividades interativas em trilhas da Mata Atlântica.

O Instituto Rã-bugio visa Promover educação ambiental para a defesa dos remanescentes da Mata Atlântica visando a conservação da biodiversidade e dos recursos hídricos. Reprodução/Facebook
A noticia da Descoberta do novo estado da Matéria teve forte repercussão mundial.
Está sendo publicada em praticamente todos os países, Rússia, Alemanha, Itália, Espanha Portugal, até em agência de noticia do Irã.