Família sobrevive após veículo ter sido prensado por duas carretas, no Paraná

Um caminhão roubado bateu em uma ambulância ao fazer um retorno irregular na BR-227 em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite da última sexta-feira (9).

Logo depois do acidente, houve outra batida entre dois veículos no local. Como caminhões e carros começaram a parar, por causa dessas colisões, o congestionamento acabou causando um engavetamento entre duas carretas e um carro.

Veículo ficou totalmente destruído após ficar prensado entre duas carretas. Foto: PRF/Divulgação
O carro, em que estavam dois adultos e três crianças, ficou totalmente destruído. Os ocupantes ficaram presos nas ferragens por mais de uma hora: quatro vítimas tiveram lesões leves, e uma mulher ferimentos mais graves, mas sem risco de vida.
Duas pessoas que estavam na ambulância se feriram levemente.

A família Falvo, que ocupava o veículo que ficou totalmente destruído, disse que passou por momentos de terror e classificou como milagre o fato de todos estarem vivos.

Cinco pessoas que estavam em carro prensado  relatam milagre. Reprodução/RPC
Além de Fabiano e da mulher Elaine, também estavam no veículo dois filhos e uma sobrinha do casal. Nenhum deles teve ferimentos graves. 

Elaine foi a que mais se machucou: teve ferimentos no rosto e o braço quebrado. A filha de 9 anos, quebrou a perna. Fabiano e o filho tiveram ferimentos leves. A sobrinha do casal não teve nenhum arranhão. Todos estavam com cinto de segurança."Algo diferente aconteceu. Algo fora da natureza, algo fora da estatística", disse Fabiano Falvo.

Fuga
O motorista do caminhão que provocou o acidente fugiu a pé. Na cabine do veículo, a PRF encontrou uma arma e cinco cápsulas de munição.
O dono do caminhão, que teve o veículo roubado, acabou sendo preso por porte ilegal de arma.