Boa notícia! As principais nascentes do Rio Canoinhas estão se regenerando

Compartilhe:
No Dia Mundial da Água, a Polícia Ambiental de Canoinhas vem com uma boa notícia: as nascentes do Rio Canoinhas, que encontravam-se em situação muito ruim, há cerca de um ano atrás, estão se regenerando naturalmente.

No último dia 16 de março uma guarnição da 3ªCia/2ºBPMA retornou ao local onde havia sido feito uma expedição e levantamento das nascentes do Rio Canoinhas, nos dias 26 e 27 de maio de 2017 na Operação Marco Zero.
Na ocasião, a operação envolveu Policiais Militares Ambientais, Bombeiros Militares, a FATMA e o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Canoinhas.

Uma das nascentes do Rio Canoinhas. Foto: PMA/Divulgação
Durante a operação foi realizado análises dos impactos ambientais nas principais nascentes do Rio Canoinhas, que faz parte da Bacia Hidrográfica do Rio Canoinhas, afluente do Rio Iguaçu.

Foi realizado o levantamento de nove nascentes do Rio Canoinhas, e verificado que sete delas se encontravam em situação ruim, possuindo reflorestamento de espécie exótica na Área de Preservação Permanente – APP, ou mesmo não possuindo APP, algumas delas se encontram próximas ao tráfego de veículos impedindo a regeneração natural, trânsito de animais domésticos e também foi constatado poucos indícios de animais silvestres no momento da fiscalização.

Regeneração das nascentes

Foi certificado pelos policiais ambientais que o local está ocorrendo regeneração natural, pois apresenta alta resiliência, mesmo depois das alterações resultantes da atividade humana, no caso a supressão de espécie comercial, que afetou diretamente o ambiente considerado de preservação permanente.

A vegetação pioneira aflora sobre o solo, permitindo a preparação de um novo ambiente, que por sua vez permite o estabelecimento de outras espécies vegetais, com isso dando início a sucessão ecológica.


Hoje, as áreas apontadas na operação Marco Zero, apresentam-se de acordo com a legislação ambiental, pois as espécies exóticas foram suprimidas, deixando assim as áreas favoráveis ao surgimento natural de espécies nativas, apresentando recuperação e sendo cobertas por espécies pioneiras da região.