Ambiental apreende arma de fogo e apetrechos proibidos de pesca no Rio Negro

No último sábado (03), guarnições da Polícia Militar Ambiental de Canoinhas, realizaram patrulhamento na Localidade de Rio Preto, interior do município de Mafra.

Em policiamento pelas margens do Rio Negro, os policiais abordaram um masculino em atitude suspeita, que em conversa indicou o local que estava acampado.


Chegando no local, as guarnições abordaram mais 03 masculinos, com os quais foram encontrados aproximadamente 28 kg de peixes nativos e exóticos, junto com 06 redes de várias medidas, sendo que em conversa com um dos masculinos, o mesmo confirmou ter responsabilidade sobre os apetrechos e que os peixes foram pegos na rede. 


No momento da abordagem havia peixes em isopor e no barco, pois segundo relato dos envolvidos, tinham acabado de realizar vistoria nas redes e retirados os peixes. 
Havia também uma arma artesanal (trabuco) e três munições, uma de calibre 36 e duas de calibre 28 no acampamento, onde outro masculino assumiu a responsabilidade deste material.

Diante dos fatos, a guarnição ambiental encaminhou os masculinos até a Delegacia de Polícia Civil de Mafra e os apetrechos e peixes foram apreendidos pela guarnição ambiental, que posteriormente serão destruídos e os peixes inumados (enterrados).