Governador anuncia extinção de cargos comissionados e da ADR de Canoinhas

Compartilhe:
O governador de Santa Catarina Eduardo Pinho Moreira (PMDB) informou nesta quarta-feira (21) que extinguirá estruturas do governo e cortará cargos administrativos.

"Hoje, em um decreto assinado por mim, nós desativaremos 15 secretarias regionais, que são Agências de Desenvolvimento Regionais (ADRs), e desativaremos quatro secretarias executivas", informou o governador. Com isso, segundo ele, serão desligados 185 cargos comissionados. Entre as ADRs que serão desativadas, está a de Canoinhas.

Agência de Desenvolvimento RegionaL de Canoinhas/Arquivo
A economia esperada com a medida ficará entre R$ 45 milhões e R$ 50 milhões por ano, disse Pinho Moreira. Ele anunciou também que a Secretaria de Planejamento ainda fará o remanejamento de atuação das ADRs restantes, já que permanecerão 20 unidades no Estado.

"Muitos secretários serão substituídos e acumularão secretarias. Vamos chegar a uma redução de 20% dos cargos comissionados", disse. Segundo ele, a folha salarial em 2018 teve um aumento de R$ 600 milhões no Estado.
ADRs que serão extintas

Itapiranga - Dionísio Cerqueira - Palmitos - Quilombo - Seara - Caçador - Ituporanga - Taió - Ibirama - Timbó - Brusque - Laguna - Braço do Norte - Canoinhas e São Joaquim.

Secretarias que serão extintas

-Secretaria de Articulação Estadual
-Secretaria de Supervisão de Recursos Desvinculados
-Secretaria de Fundo Social
-Secretaria de Assuntos Internacionais

Pinho Moreira ainda afirma que os cortes são feitos para remanejamento de verba, já que no último ano de mandato os governantes devem responder a Lei de Responsabilidade Fiscal.