Bombeiro Comunitário salva vida de motociclista ferido em acidente, em SC

Compartilhe:
O Jornal do Almoço mostrou nesta terça-feira (20), como um bombeiro comunitário salvou a vida de um motociclista ferido em acidente com dois carros em Palhoça, no início de fevereiro.

O soldado Marcos Ruan dos Santos fez um curso gratuito de Bombeiro Comunitário, antes de entrar para a PM, o que lhe permitiu agir de forma rápida e precisa diante de um ferimento grave.

O bombeiro comunitário usou técnicas que aprendeu para estancar a hemorragia na vítima/Reprodução
Depois da ocorrência atendida, o próprio médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Deyvid de Souza Medeiros, descreveu no relatório da ocorrência que o ato do policial foi essencial, se não salvador, para o sucesso do atendimento e da vida do paciente.

"Foi tudo muito no automático, não pensei em nada, só desci da viatura vi que ele estava com ferimento grave e que eu teria que fazer alguma coisa naquele momento", contou o policial.

Marcos usou as gazes do kit da viatura para estancar a hemorragia, um procedimento que exige conhecimento. Ele permaneceu ao lado do técnico em refrigeração Márcio Manoel da Silva até a chegada da ambulância do Samu , 18 minutos depois.

 Marcos Ruan dos Santos é soldado da PM e Bombeiro Comunitário/Reprodução
O treinamento para ser um Bombeiro Comunitário compreende aulas de formação teórica e prática. Atualmente, cerca de dois mil bombeiros comunitários prestam esse serviço não remunerado em Santa Catarina.

O bjetivo do curso é capacitar a comunidade para agir em casos como este.
O curso de Bombeiro Comunitário é gratuito e oferecido em todos os batalhões de Santa Catarina desde 1997.