Abelhas invadem residência e dão um susto em moradora, no norte catarinense

Uma moradora de Garuva, no Norte catarinense, levou um susto quando deu de cara com um enxame de abelhas dentro de seu armário da cozinha, na manhã de segunda-feira (19).

Segundo os bombeiros, que foi acionado para remover a colmeia, a casa fica em um sítio e a cozinha é em uma área aberta. A moradora esteve fora de casa por ao menos dois dias e, quando voltou, deparou-se com o enxame no armário.

Abelhas se instalaram dentro de um armário. Corpo de Bombeiros/Divulgação
Produção de mel

Os militares colocaram os insetos em uma caixa de madeira, que deve ser entregue a um apicultor da cidade para produzir mel no sítio em que vive.

"Quando nasce uma abelha rainha, a mais antiga sai da colmeia com boa parte do enxame. Eles vão buscar um lugar para seu novo ninho. Geralmente, enxames de revoada pousam em arbustos para descansar por horas e até dias. Se elas acharem um local para formar uma nova colmeia, como o oco de madeiras e outros, provavelmente começarão um novo ninho", explicou o cabo Paulo Kuchlik.

Cuidados

Os bombeiros alertam que nunca se deve matar enxames de abelhas, porque, além de serem importantes para a natureza, elas estão em extinção.

Outra orientação é que as pessoas não tentem mexer com as abelhas, não joguem pedras nelas nem façam movimentos bruscos perto do enxame.
O mais indicado é isolar o local e impedir que crianças e animais de estimação se aproximem da colmeia.