O movimento 'O Sul é Meu País' vai fazer novo plebiscito em cerca de 900 cidades do sul

Compartilhe:
O movimento "O Sul é Meu País" organiza para o próximo sábado (7), mais um plebiscito informal para consultar moradores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná sobre a possibilidade de se separar do resto do Brasil.

Para a votação, chamada de Plebisul, serão espalhadas urnas em locais públicos de cerca de 900 cidades dos três estados. Os participantes responderão sim ou não à pergunta: "Você quer que o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul formem um país independente?".

Divulgação
O plebiscito não tem valor legal por não ter sido aprovado pelo Congresso, mas  o objetivo é pesquisar o que pensam os cidadãos e manifestar essa opinião.

Durante o plebiscito, os eleitores que quiserem também poderão assinar um projeto de lei de iniciativa popular para ser apresentado ao Congresso, propondo a realização de um processo oficial em 2018 sobre o assunto. Para isso, será exigido o título eleitoral.

O que dizem o que são contrários ao movimento

 – Discutir a separação do Brasil é crime
 – A separação dos estados é inconstitucional
– Precisamos consertar o país em vez de dividir
– Somos uma região pobre não teríamos como ser um país desenvolvido
 – O Sul não tem petróleo
 – O Sul também tem políticos corruptos, seremos um pequeno Brasil
 – Os aposentados ficarão desamparados.
Qual sua opinião?

Os locais de votação podem ser consultados no site oficial do Plebisul. A apuração pode levar algumas horas, já que o voto será em cédula de papel.