Suicídio, homicídio ou disparo acidental?



Na quinta-feira (02) por volta das 22h50min, equipes da PM de Canoinhas foram acionadas para deslocar na rua Lázaro Bastos,  onde uma pessoa havia sido ferida por disparo de arma de fogo.

Chegando na residência, constataram que  a vítima já havia sido atendida pela equipe do Corpo de Bombeiros, que a encontraram com uma perfuração na face, entre o nariz e o olho direito.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, um jovem que se identificou como sobrinho de Soeli foi até o quartel pedir socorro.

Ela foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Canoinhas, mas no caminho sofreu uma parada cardiorespiratória e faleceu.

A Polícia Civil foi acionada imediatamente.

Soeli Terezinha Carneiro - Arquivo pessoal
A vítima foi identificada como sendo Soeli Terezinha Carneiro de 51 anos, irmã do prefeito de Canoinhas, Beto Passos.

A PM localizou em um dos quartos uma munição, uma arma garrucha bem como foi constatado grande quantidade de sangue no local. 

Conversado e colhido o relato de uma das filhas da vítima, a qual relatou que havia chegado do curso por volta das 22h30min, dirigindo-se para o seu quarto.

Constatou que havia um masculino juntamente com sua mãe, porém não soube repassar a identidade do mesmo, apenas que se tratava de um rapaz moreno "meio alto".

+Mulher de 46anos se suicida por enforcamento nesta sexta-feira(3)

Momentos após, sua mãe foi até seu quarto lhe levar um lanche, momento em que observou munições em sua mão. Ao indagá-la, a vítima teria dito que já iria guardá-las, e foi para o quarto onde estava o masculino.
Minutos depois teria ouvido o masculino pedir para ela "não brincar com isso" , seguindo-se do barulho do tiro.

Após o tiro o homem saiu gritando que "foi uma brincadeira", evadindo-se em uma motocicleta de cor escura para destino ignorado.
Segundo a testemunha não havia mais ninguém no interior da residência.

O Instituto Geral de Perícias também esteve no local para as providências cabíveis.

Policia Militar/ Canoinhas