Pesquisar neste site

Operação Dízimo: Polícia suspeita de facção criminosa no bairro São Cristóvão em Três Barras

Corpo foi encontrado em terreno baldio no bairro São Cristóvão.
Em coletiva concedida na tarde de sexta-feira (24), o delegado Rui Orestes Kuchnir e o Major PM Araújo, esclareceram alguns pontos da Operação Dízimo, deflagrada na manhã de hoje, no bairro São Cristóvão em Três Barras.

OPERAÇÃO DÍZIMO

A Operação Dízimo foi assim batizada por conta de informações que vieram tanto para a Polícia Civil, pelo 190 e para o Serviço de Inteligência, de que uma facção criminosa estaria cobrando um 'dízimo' de seus integrantes e que se não fosse paga ou deixasse atrasar, seria sumariamente executado.



Dez residências foram alvos dos mandados de busca e apreensão, sendo que ao final da operação foram apreendidos e entregues na Delegacia de Polícia Civil, um revólver calibre .38 e mais quinze munições do mesmo calibre, um revólver calibre .32, uma espingarda de pressão modificada para munição calibre .22, uma munição de calibre .22 intacta, duas munições de calibre .22 deflagradas e duas de festim, uma pistola modelo PT 58, calibre .380 com doze munições intactas no carregador, 140 gramas de substância análoga a maconha, dividida em 67 papelotes.
  

Quanto ao corpo que foi encontrado, ainda não se tem a confirmação de que se trata do rapaz desaparecido desde o dia 10 de março, visto que há um outro masculino desaparecido há uns 30 dias. Há também duas mulheres desaparecidas.

O IGP (Instituto Geral de Perícias está tentando identificar alguma marca, cicatriz ou tatuagem, já que o corpo está bastante putrefeito, o que impossibilita a identificação pelas digitais. A família irá ajudar na possível identificação.
Um exame de DNA deverá ser feito para se ter certeza.

De acordo com o delegado Rui, essa operação de hoje está provavelmente ligada a outras mortes: "A investigação caminha neste sentido. Nossa investigação trata desses mortes com envolvimento direto com o tráfico. Se existe três, quatro corpos desaparecidos e nós encontramos um hoje, tudo leva a crer que seja em detrimento com o tráfico de drogas."



+Mulher cai no golpe do falso sequestro em Canoinhas

"A Operação Dízimo vai continuar com novas investigações que irão confirmar se essas mortes foram determinadas por uma facção criminosa que talvez esteja instalada no bairro São Cristóvão ou se são crimes cometidos por vingança ou algum tipo de acerto de contas."

Tudo leva a crer que exista uma facção no bairro São Cristóvão, visto que não é comum esse tipo de execução que vem ocorrendo ultimamente em Canoinhas e principalmente em Três Barras.

"Já são três cadáveres identificados, que foram mortos no bairro, e que leva a crer, depois de encontrado mais um corpo hoje, que tem ligação com o tráfico de drogas e uma facção criminosa". suspeita o delegado.
Quatorze pessoas foram conduzidas para a  delegacia,  sendo seis adolescentes entre 13 e 17 anos de idade.

+Saiba mais sobre essa mega operação desencadeada pela Polícia Civil e Militar, em Três Barras.