Você realmente sabe o que está comendo?

Ao comprar um produto ou antes de consumi-lo, você costuma ler o rótulo? Se lê, entende todas as informações contidas nele?

Dados recentes levantados junto à população que consulta o serviço Disque-Saúde do Ministério da Saúde demonstram que aproximadamente 70% das pessoas consultam os rótulos dos alimentos no momento da compra, no entanto, mais da metade não compreende adequadamente o significado das informações.

O rótulo ajuda a esclarecer dúvidas e compreender melhor o que estamos comendo, por isso é muito importante prestar atenção nesse detalhe na hora de escolher os alimentos na prateleira do supermercado.

Importante verificar não só o prazo de validade, mas todas as informações contidas o rótulo.
Informação Nutricional Obrigatória

Porção
É a quantidade média do alimento que deve ser usualmente consumida por pessoas sadias a cada vez que o alimento é consumido, promovendo a alimentação saudável.

Medida Caseira 
Indica a medida normalmente utilizada pelo consumidor para medir alimentos. Por exemplo: fatias, unidades, pote, xícaras, copos, colheres de sopa.

A apresentação da Medida caseira é obrigatória. Esta informação vai ajudar você, consumidor, a entender melhor as informações nutricionais.

%VD -Percentual de Valores Diários (%VD) 
É um número em percentual que indica o quanto o produto em questão apresenta de energia e nutrientes em relação a uma dieta 2000 calorias.

Cada nutriente apresenta um valor diferente para se calcular o VD. Veja os valores diários de referência+

Valor energético – 2000kcal / 8.400kJ 
Carboidratos – 300g 
Proteínas – 75g 
Gorduras Totais – 55g 
Gorduras Saturadas – 22g 
Fibra Alimentar – 25g 
Sódio – 2400mg 
Não há valor diário para as gorduras trans.



O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional nos Rótulos:

Valor Energético 
É a energia produzida pelo nosso corpo proveniente dos carboidratos, proteínas e gorduras totais. 

Na rotulagem nutricional o valor energético é expresso em forma de quilocalorias (kcal) e quilojoules (kJ)
Obs: Quilojoules (kJ) é outra forma de medir o valor energético dos alimentos, sendo que 1 kcal equivale a 4,2 kJ.

Carboidratos 
São os componentes dos alimentos cuja principal função é fornecer a energia para as células do corpo, principalmente do cérebro. São encontrados em maior quantidade em massas, arroz, açúcar, mel, pães, farinhas, tubérculos (como batata, mandioca e inhame) e doces em geral.

Proteínas 
São componentes dos alimentos necessários para construção e manutenção dos nossos órgãos, tecidos e células. Encontramos nas carnes, ovos, leites e derivados, e nas leguminosas (feijões, soja e ervilha)

Gorduras Totais
 
As gorduras são as principais fontes de energia do corpo e ajudam na absorção das vitaminas A, D, E e K. 
As gorduras totais referem-se à soma de todos os tipos de gorduras encontradas em um alimento, tanto de origem animal quanto de origem vegetal.

Gorduras Saturadas 
Tipo de gordura presente em alimentos de origem animal. São exemplos: carnes, toucinho, pele de frango, queijos, leite integral, manteiga, requeijão, iogurte. O consumo desse tipo de gordura deve ser moderado porque, quando consumido em grandes quantidades, pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças do coração.

Alto %VD significa que o alimento apresenta grande quantidade de gordura saturada em relação à necessidade diária de uma dieta de 2000 Kcal.

Gorduras Trans ou Ácidos Graxos Trans 
Tipo de gordura encontrada em grandes quantidades em alimentos industrializados como as margarinas, cremes vegetais, biscoitos, sorvetes, snacks (salgadinhos prontos), produtos de panificação, alimentos fritos e lanches salgados que utilizam as gorduras vegetais hidrogenadas na sua preparação. 

O consumo desse tipo de gordura deve ser muito reduzido, considerando que o nosso organismo não necessita desse tipo de gordura e ainda porque, quando consumido em grandes quantidades, pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças do coração. 
Não se deve consumir mais que 2 gramas de gordura trans por dia. 
Obs: O nome trans é devido ao tipo de ligações químicas que esse tipo de gordura apresenta.

Fibra Alimentar 
Está presente em diversos tipos de alimentos de origem vegetal, como frutas, hortaliças, feijões e alimentos integrais. A ingestão de fibras auxilia no funcionamento do intestino.
Procure consumir alimentos com alto %VD de fibras alimentares!

Sódio 
Está presente no sal de cozinha e alimentos industrializados (salgadinhos de pacote, molhos prontos, embutidos, produtos enlatados com salmoura) devendo ser consumido com moderação uma vez que o seu consumo excessivo pode levar ao aumento da pressão arterial. 
Evite os alimentos que possuem alto %VD em sódio.


Além de saber o que é VALOR DIÁRIO DE REFERÊNCIA e entender o significado de cada nutriente da INFORMAÇÃO NUTRICIONAL OBRIGATÓRIA, é importante saber utilizar todas essas informações.

Mas não é necessário ficar somando as quantidades de cada nutriente para saber se atingiu ou não as recomendações diárias. 

O importante é escolher alimentos mais saudáveis a partir da comparação de alimentos similares, como, por exemplo, escolher o iogurte, queijo, pão mais adequado para a saúde da sua família. 

Para isso basta saber que um alto %VD indica que o produto apresenta alto teor de determinado nutriente. 
Já os produtos com %VD reduzido indicam o contrário. 

Para ter uma alimentação mais saudável dê preferência a:

 • Produtos com baixo %VD para gorduras saturadas, gorduras trans e sódio;
 • Produtos com alto %VD para as fibras alimentares.

Dúvidas Freqüentes


Todos os alimentos e bebidas embalados precisam ter Rotulagem Nutricional? 

Todos, com exceção das bebidas alcoólicas; especiarias (como, por exemplo, orégano, canela e outros); águas minerais naturais e as demais águas envasadas para consumo humano; vinagres; sal, café, erva mate, chá e outras ervas sem adição de outros ingredientes (como leite ou açúcar); alimentos preparados e embalados em restaurantes e estabelecimentos comerciais, prontos para o consumo como sobremesas, musse, pudim, salada de frutas; os produtos fracionados nos pontos de venda a varejo comercializados como pré-medidos, como queijos, salame, presunto; as frutas, vegetais e carnes in natura, refrigerados e congelados.

Por que no nutriente Gordura Trans não aparece o %VD? 

Porque não existe valor estabelecido, uma vez que o consumo de gordura trans não deve ser estimulado. Deve-se procurar sempre observar os alimentos com os menores teores de gordura trans.

Por que algumas informações aparecem como não significativas? 

Porque os valores são tão pequenos, apesar de não serem ZERO, que são considerados não significativos para o consumo. 

Alguns rótulos não apresentam todos os nutrientes, por quê?

Em alguns casos o fabricante de alimentos pode utilizar a DECLARAÇÃO NUTRICIONAL SIMPLIFICADA. É quando alguns nutrientes estão presentes em tão baixas concentrações que estas são consideradas quantidades não significativas para a alimentação do indivíduo.

Como percebemos, não devemos somente olhar o prazo de validade nos produtos. Outras informações são tão ou mais importantes, para nossa saúde!

Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa