Irmão do vereador Célio Galeski sofre atentado, em Timbó Grande

O prefeito de Timbó Grande, Ari José Galeski (PMDB), sofreu um atentado na madrugada de domingo, 31 de dezembro.

Informações dão conta que a perícia esteve no local e contou pelo menos quatro disparos de arma calibre 38.

A residência onde o político mora foi alvejada por disparos de arma de fogo, efetuados por um homem que teria passado de moto pelo local. Um dos disparos atingiu a cama do prefeito. O atirador evadiu-se e até então não foi localizado. Ninguém foi atingido.

Ari José Galeski (PMDB), prefeito de Timbó Grande/Reprodução
Ari é irmão do vereador canoinhense, Célio Galeski. A assessoria do prefeito diz não acreditar que seja retaliação política e não passou masis detalhes sobre o ocorrido.
O prefeito, Ari Galeski, também não manifestou-se até o momento.

A Polícia Civil deve investigar o crime.

Com informações do Diário do Rio do Peixe