Canoinhas gerou emprego somente em seis meses do ano, em 2017

Apesar do município de Canoinhas ter fechado o ano com saldo positivo de emprego no ano de 2017, dados do Caged - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - mostra que a variação positiva deu-se em somente seis (06) meses do ano - fevereiro, março, abril, maio, junho e novembro ( no mês de novembro comumente aumentam as vagas de emprego em todo o país, tendo em vista a proximidade do Natal.)

Os outros seis meses, sendo quatro (04) deles consecutivos, nenhum novo posto de trabalho foi criado. A relação admissão/demissão ficou com índices negativos.
Com isto o município ficou com o impressionante saldo positivo de 2,16%.

Canoinhas gerou novos postos de trabalho somente durante seis meses este ano.
Para o leitor entender um pouco os índices fornecidos pelo Caged, segue uma breve explicação:

Exemplo 1: Se em um mês houve 100 novas contratações e no mesmo período 90 pessoas foram demitidas, então teremos um saldo positivo de 10 postos de trabalho.

Exemplo 2: Se em um mês houve 100 novas contratações e no mesmo período 160 pessoas foram demitidas, então teremos um saldo negativo de 60 postos de trabalho.

Acompanhe os números em Canoinhas nos últimos 12 meses:

Janeiro
Saldo -4

Fevereiro
Saldo +121

Março
Saldo +100

Abril
Saldo +55

Maio
Saldo +121

Junho
Saldo +27

Julho
Saldo -53

Agosto
Saldo -21

Setembro
Saldo -48

Outubro
Saldo -6

Novembro
Saldo +71

Dezembro
Saldo -56

Para conhecimento: O número de empregos formais (trabalhadores com carteira assinada) no município em 1º de janeiro de 2017 era de 9.857, em 2.915 estabelecimentos.

Fonte: CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados