Canoinhas é um dos 21 municípios de SC afetados pelas fortes chuvas

A chuva intensa que caiu na tarde de quinta-feira (11), deixou várias ruas de Canoinhas alagadas e intransitáveis.
Em alguns bairros houve queda na rede de energia elétrica.

A esquina das ruas Barão do Rio Branco e Duque de Caxias, próxima ao Corpo de Bombeiros, como é de praxe, ficou um rio. A rua Coronel Albuquerque também. O problema nesses locais é recorrente há anos.

A rua Reinoldo Hubner, única via que dá acesso ao bairro Piedade, ficou totalmente alagada, causando transtornos a quem queria sair ou entrar no bairro.
A água também invadiu algumas residências.

Rua Reinoldo Hubner, acesso ao bairro Piedade. Reprodução/Facebook
Na rua José Boiteux, o popular "Valetão" chegou a transbordar em alguns pontos.
Problemas também foram registrados em ruas do Campo da Verde, Alto das Palmeiras, Jardim Esperança e centro. 

Rua Coronel Albuquerque. Reprodução/Facebook
A Defesa Civil registrou problemas principalmente com alagamentos em vias e residências. Até o momento não há registro de feridos ou desabrigados.

O nível do Rio Canoinhas, realizado pela Casan às 00h30m desta sexta-feira (12), estava 186cm, em estado de Atenção.
Um novo relatório com números atualizados deve ser divulgado pela Defesa Civil nesta sexta-feira.

Rua Paulo Ritzmann com Rua 12 de setembro. Reprodução/Facebook
Em Santa Catarina, 21 municípios tiveram prejuízos com as fortes chuvas, conforme a Defesa Civil. 
As 21 cidades que tiveram algum prejuízo são:

Lauro Müller, no Sul
Imbituba, no Sul
Canoinhas, no Norte
São Francisco do Sul, no Norte
Camboriú, no Litoral Norte
Porto Belo, no Litoral Norte
Florianópolis
Braço do Norte, no Sul
São José, na Grande Florianópolis
São João Batista, na Grande Florianópolis
Biguaçu, na Grande Florianópolis
Penha, no Litoral Norte
Itapema, no Litoral Norte
Balneário Camboriú, no Litoral Norte
Itajaí
Bombinhas, no Litoral Norte
Navegantes, no Litoral Norte
Taió, no Vale do Itajaí
Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis
Tijucas, na Grande Florianópolis
Palhoça
, na Grande Florianópolis

Já decretaram situação de emergência por causa das chuvas os municípios de Florianópolis, Porto Belo e Itapema.
Duas pessoas estão desaparecidas: um haitiano de 34 anos que caiu em um bueiro em Balneário Camboriú e um homem no Morro do Quilombo em Florianópolis.

Um motociclista morreu, na BR-101, após a moto tombar sob forte chuva em Balneário Camboriú. Ele estava sozinho, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A polícia enfatizou que nenhum veículo colidiu contra a moto. O motociclista, Vanderlei Capiara da Silva, de 48 anos, caiu para fora da rodovia e morreu no local.

Previsão do tempo


O meteorologista Leandro Puchalski prevê alguma mudança para o tempo desta sexta (12). O sol deve aparecer, principalmente no Oeste.

Porém, ainda há chance de chuva, na maior parte das cidades, entre a tarde e a noite. O fenômeno pode ocorrer pela manhã apenas no litoral e áreas próximas, intercalando com momentos de abertura de sol.

É possível que haja chuva forte, mas não nos volumes registrados ao longo desta semana.