Temporais, ventos fortes e queda de granizo causam estragos e morte em SC

O forte calor e a aproximação de uma frente fria vinda do Rio Grande do Sul provocou temporais que atravessaram o oeste e sul do estado de Santa Catarina na tarde deste domingo (17), provocando estragos em vários municípios.

Além de cargas mais acumulativas de chuva, também houve registro de granizo e ventos intensos. 

Parte de telhado de escola municipal em Forquilinha desabou. Assessoria/Prefeitura de Forquilhinha
Em Chapecó, a Defesa Civil registrou destelhamentos de construções e quedas de árvores. Parte da estrutura de Natal montada uma praça desabou com a tormenta.

Em Criciúma, construções foram destelhadas e árvores caíram com a força do vento. Também houve registro de interrupção no fornecimento de energia elétrica em alguns bairros.

Em Chapecó, Parte da estrutura de Natal montada uma praça desabou/Divulgação
Em Forquilhinha, uma delegacia e uma escola foram parcialmente destelhadas e árvores e placas de publicidade caíram com a força do vento.

Também em Forquilhinha, um homem de 57 anos morreu após ser atingido por um raio. Segundo informações da Defesa Civil, a vítima estava em cima de uma casa, fazendo reparos no telhado, no momento em que sofreu a descarga elétrica.

Socorristas do Samu chegaram a ser acionados para o atendimento, mas o homem não resistiu.
Algumas cidades ficaram sem energia elétrica por algumas horas por conta da queda de postes/Divulgação
Em Meleiro, a estrutura de uma quadra poliesportiva cedeu com o temporal e construções de pelo menos dois bairros tiveram telhados danificados.
Em Morro da Fumaça, houve registros de destelhamentos de construções e quedas de árvores. Em todas as ocorrências, não houve registro de desabrigados.

O temporal registrado neste domingo também deixou milhares de unidades consumidoras sem energia elétrica no estado,nas regiões de Rio do Sul, Criciúma, Tubarão, São Miguel do Oeste, Chapecó, Videira, Joaçaba e Concórdia.
As informações são da Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina). Não há previsão de quando o reestabelecimento de energia vai ocorrer na totalidade.

Força do vento

A maior rajada de vento registrada até o fim da tarde deste domingo foi em Criciúma, no Sul do estado, com 98 km/h. Veja a lista:

98 km/h Criciúma
85 km/h Chapecó
83 km/h Araranguá
67 km/h São Miguel do Oeste
67 km/h Curitibanos
63 km/h Caibi
45 km/h São José

Calor

A cidade de Criciúma, no Sul do estado, registrou 40,2º C na tarde deste domingo (17), com sensação térmica de 50º C. Foi a maior temperatura alcançada no Estado em 2017, igualando os 40,2°C registrados em Corupá no dia 16 de Novembro.

Temperaturas no domingo, em Santa Catarina

Criciúma 40,2°C com sensação de 50°C
Urussanga 39°C com sensação de 41°C
Joinville 36,8°C com sensação de 50°C
Itapiranga 36,3°C com sensação de 44°C
Blumenau 36°C com sensação de calor de 42°C
Ouro 35,7°C com sensação de 39°C

Fonte: Ciram