Fique atento: bandeira lilás na praia é sinal de água-viva

Desde o início desta temporada de verão, o Corpo de Bombeiros Militar distribuiu bandeiras na cor lilás nos postos de guarda-vidas espalhados pelo litoral catarinense.

A bandeira, adquirida no ano passado em parceria com a Univali- Universidade Vale do Itajaí, aponta a ocorrência de águas-vivas nas praias do estado.

Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina/Divulgação
Por isso, fique atento à sinalização dos postos de guarda-vidas. Se houver uma bandeira lilás hasteada é sinal de ocorrência de água viva naquela praia.

Não encoste na água-viva mesmo se ela estiver na areia da praia e parecer morta. Mesmo parada na areia, ela pode liberar a toxina.

O que fazer em caso de queimaduras com águas-vivas:

Em caso de queimaduras por águas-vivas o melhor a fazer, quando possível, é procurar um posto de guarda vidas mais próximo. Lá você receberá todas as orientações.

-Evite coçar a área atingida ou colocar água doce.

Não encoste na água-viva mesmo se ela estiver na areia da praia.
-O indicado é borrifar vinagre na lesão, o que neutraliza o efeito das toxinas liberadas no contato com o animal.

-É comum que em 24 horas a lesão e os sintomas desapareçam. Se houver enjoo, febre e tontura, podem indicar lesões mais graves, bem como cefaleia ou dor de cabeça, mal estar, vômito e até mesmo arritmia cardíaca.
Nestes casos, é importante buscar ajuda médica.