Em 2018, prepare-se: uma chuva de feriados prolongados lhe espera

A poucos dias do fim do ano, o brasileiro já pode começar a fazer seus planos para descansar em 2018.

Dos 13 feriados nacionais do ano que vem (incluindo pontos facultativos com ampla adesão), onze poderão ser prolongados, já que a maior parte das datas comemorativas cairá no final ou no começo da semana.

O impacto dos feriados na economia nacional

O argumento de que o Brasil tem feriados demais é constantemente evocado para justificar perdas econômicas. Mas comparando o número de feriados nacionais com o de outros países ao redor do mundo essa afirmação cai por terra.

O Brasil tem 11 feriados nacionais, mesmo número do Canadá, França, Itália e Suécia. Na América Latina, a Colômbia é a que mais tem feriados (18), depois vêm a Argentina e o Chile (15 cada).

Imagem ilustrativa. Óbvio que cada um aproveita o feriado como quer (e como pode).
Levando-se em conta a jornada de trabalho regulada por lei no Brasil, de até 44 horas semanais, e descontando-se os feriados e férias, um trabalhador típico brasileiro pode trabalhar ao redor de 2.000 horas anuais, quantidade parecida à de horas trabalhadas por um trabalhador mexicano ou coreano, mas bem superior à média de países como Dinamarca, Holanda e França.

Confira os feriados em 2018:

1º de janeiro (segunda-feira): Confraternização Universal
12 e 13 de fevereiro (segunda (facultativo) e terça-feira): Carnaval
14 de fevereiro (quarta-feira): Quarta-feira de cinzas (facultativo)
30 de março (sexta-feira): Paixão de Cristo ou Sexta-Feira da Paixão
21 de abril (sábado): Tiradentes
1º de maio (terça-feira): Dia do Trabalho (emenda facultativa)
31 de maio (quinta-feira): Corpus Christi (emenda facultativa)
7 de setembro (sexta-feira): Independência do Brasil
12 de setembro (quarta-feira): Aniversário de Canoinhas
12 de outubro (sexta-feira): Nossa Senhora Aparecida
2 de novembro (sexta-feira): Finados
15 de novembro (quinta-feira): Proclamação da República (emenda facultativa)
20 de novembro (quinta-feira): Dia da Consciência Negra (facultivo de acordo com a cidade)
25 de dezembro (terça-feira): Natal (emenda facultativa)