Alunas do IFSC Canoinhas comemoram aprovação em mestrado na Universidade Federal de Santa Catarina

Formandas da primeira turma do curso superior de Tecnologia em Alimentos, Rhaine Nayra Mocelim e Maiara Arbigaus Bredun, estão que é só alegria.
E não é para menos. As futuras tecnólogas também foram aprovadas no mestrado em Ciência dos Alimentos do programa de pós-graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

As duas amigas se mudam para Florianópolis, no início de 2018, com a certeza de terem escolhido a profissão certa, de que querem se dedicar à pesquisa e à docência - de preferência no IFSC - e de que vão retornar para a região do Planalto Norte.

Rhaine e Maiara vão fazer mestrado  Ciência dos Alimentos do programa de pós-graduação da Universidade Federal de Santa Catarina/Divulgação
“Eu sempre vivi em Canoinhas e é onde está a maior parte da minha família. Então, estou me preparando para deixá-los por um tempinho. Mas estão todos avisados de que eu volto”, promete Maiara.

O desafio de sair de casa pela primeira vez também será grande para Rhaine, que mora em Papanduva e vem estudar em Canoinhas todos os dias. “Sei que vão existir dificuldades quanto ao novo lugar, pois será tudo novo: a distância da família, a cidade, casa, amigos. Mas serei compensada com um grande crescimento pessoal e, principalmente, profissional", afirma.

Para Maiara, o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) é um dos melhores lugares para se crescer tanto profissional quanto pessoalmente. “Tenho como expectativa profissional voltar pro IFSC como docente e, através de projetos como os que desenvolvi durante o curso, incentivar alternativas viáveis de agricultura e pecuária que ajudem a diminuir a produção do fumo, que é totalmente exploratória. 

Assim todo mundo pode ganhar: os alunos aprendem, os produtores de aprimoram e a região se desenvolve, cresce e beneficia toda a sociedade”, conclui.

Fonte: Liane Dani | Jornalista IFSC