Agente de trânsito canoinhense recebe homenagem da ALESC em Florianópolis

Em ato solene, Agentes de trânsito de todo o estado foram homenageados pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina - ALESC - 
Conforme o Sindicato dos Agentes de Trânsito do Estado de Santa Catarina (Sindatran-SC), são aproximadamente 1,5 mil agentes espalhados por 30 municípios catarinenses. 

A homenagem da Assembleia é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido por esses profissionais, cuja importância tem aumentado na mesma proporção em que a questão da mobilidade urbana se torna mais complexa.
De Canoinhas, foi homenageado o agente Handerson Luiz Melo.

Agente Handerson Luiz Melo recebendo a homenagem/Divulgação
O agente Vicente Vogt Vani, de Balneário, discursou na solenidade em nome dos homenageados. Ele citou duas derrotas da categoria nos últimos anos: o veto a um projeto de lei aprovado pela Alesc que regulamentava a profissão no estado e o veto presidencial ao porte de armas pelos agentes de trânsito. 

“Fazemos parte da segurança pública e para oferecer segurança, precisamos estar seguros”, disse.

Vani destacou os números alarmantes do trânsito brasileiro (mais de 40 mil mortos todos anos e milhares de feridos e mutilados) e considerou que a segurança viária se transformou, também, numa questão de saúde pública. 
“Mesmo diante de tantas adversidades, é revigorante esse reconhecimento. Esperamos que, com apoio desta casa, possamos avançar e reduzir esses assustadores índices”, finalizou.

O presidente do Sindatran, Pedro da Silva, afirmou que a qualificação e a melhoria nos recursos materiais para o exercício da profissão estão entre os principais desafios da categoria. Além disso, em muitos municípios o número de agentes ainda é insuficiente.

“Tivemos avanços na legislação e aos poucos temos recebido mais atenção dos prefeitos”, disse Silva. “Mas a qualificação constante dos agentes e o aumento dos efetivos ainda são desafios a serem enfrentados.”

Foram homenageados agentes de 25 municípios catarinenses, entre eles Canoinhas e Papanduva.

Agência ALESC