Três Barras tem cerca de três mil exames aguardando liberação pelo SUS

A vereadora Siomara Correa (PP) alertou que o município de Três Barras tem em torno de 3 mil exames e procedimentos médicos de média e alta complexidade aguardando na fila e que as cotas liberadas pelo SUS – Sistema Único de Saúde “não chegam perto de atender” a demanda. A pauta foi apresentada na primeira sessão do mês de novembro, 01.
A vereadora também pediu paciência aos pacientes atendidos pelo sistema público do município, devido a secretaria estar cadastrando todos os procedimentos em um novo sistema que vai “organizar e disponibilizar para consulta pública”.



Siomara disse que estas informações e a ordem da fila de espera serão publicadas a fim de cumprir uma nova legislação que obriga o sistema de saúde a divulgar a lista de espera de exames e consultas. “Três Barras ainda vai levar uns 15 dias até conseguir normalizar o atendimento”, esclareceu.

Siomara Correa (PP)
A vereadora, que também atua na secretaria de saúde, afirmou que o sistema que está sendo implantado no município é complexo e que não existe pessoal capacitado suficiente para acelerar o processo.

“Estamos treinando toda a equipe da secretaria, mas o sistema é difícil e exige muita atenção em cada cadastro”, justificou.

O vereador Laudecir José Gonçalves, o Barriga (PR), também destacou que “apesar desse problema para implantação o sistema acaba com os favorecimentos políticos”, comentou. 

O vereador defende que a divulgação da fila de espera evita que pessoas sejam passadas na frente por “ser a favor de um político ou outro como muito já se viu aqui no município”, desabafou.

Barriga aproveitou para fazer um apelo aos munícipes: “quem tiver plano de saúde, que não tire a vaga dos mais carentes no sistema público”, lembrando que são muitos os casos de pessoas que tem um pouco mais de condição financeira e mesmo assim recorrem ao sistema público, enchendo as filas do município.