Jovem é presa por divulgar blitz da PM em Canoinhas

Os alunos soldados do Curso de Formação de Soldados do 3º Batalhão da Polícia Militar de Canoinhas participaram de uma operação na Rua Vereador Guilherme Prust, bairro Campo da Água Verde, na tarde de quarta-feira (22).

 O Posto de Controle de Trânsito (PCTran) foi comandado pelo tenente coronel João Marcos Dabrowski de Araújo, Comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e pelo 3º sargento Abraão José Schiessl e também contou com o apoio da guarnição da Rocam.

Durante a operação foram abordados 200 veículos, sendo feitas 27 autuações/Divulgação
Durante a realização da operação, policiais militares da Rocam receberam a denúncia de que uma jovem estaria divulgando informações da operação em grupos de whatsapp. Imediatamente a jovem foi identificada e localizada na Rua Frei Menandro Kamps, onde a equipe PM constatou a veracidade dos fatos.

Celular da jovem foi apreendido/Divulgação
A jovem foi presa e conduzida para a Delegacia para providências. O aparelho celular, com o registro das mensagens, também foi apreendido.
Este tipo de crime está previsto no ART. 265 do Código Penal Brasileiro.

A Policia Militar orienta para NÃO divulguar blitz! Toda vez que você divulga uma blitz, você está colaborando com os bandidos que usam motos para matar e assaltar inocentes. 
Está avisando aos alcoolizados que poderiam atropelar e matar você ou alguém de sua família. Ou ainda, está avisando algum ladrão que acabou de roubar um carro/moto de um inocente trabalhador.