Detento da UPA de Canoinhas é assassinado no Presídio Regional de Mafra

Um conflito entre detentos terminou com a morte de um deles, na manhã de quarta-feira (08), no Presídio Regional de Mafra.

Diego Flores, de 19 anos, natural de Três Barras/SC cumpria pena por tráfico de drogas na Unidade Prisional de Canoinhas (UPA).
Na terça-feira (07), ele teria sido enviado ao Presídio de Mafra como medida punitiva por ter cometido atos de indisciplina.

No mesmo dia, outro detento, conhecido como 'Kamikaze' de 23 anos, vindo da Unidade Prisional de Itajaí, foi colocado na mesma cela que Diego.

Presídio Regional de Mafra/Divulgação
Nesta manhã (08), os dois tiveram um desentendimento e 'Kamikaze' teria utilizado golpes de artes marciais para matar Diego.
A causa da morte foi politraumatistimo craniano e estrangulamento.

"Ele confessou o assassinato,  disse ser faixa preta em artes marciais, o que pelas circunstâncias impossibilitou a defesa da vítima. Ele também é suspeito de outro homicídio ocorrido em 2016, na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis”, declarou o delegado Wanderson Alves Joana.
 
O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para audiência de custódia e enquadrado pelo crime de homicídio qualificado.
O crime será investigado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC).