Zenici Dreher diz que buscará alternativas para o projeto que beneficiaria estudantes e foi vetado

A vereadora Zenici Dreher (PR) relatou que, como representante dos estudantes, foi procurada por alunos que possuem dificuldade de acesso ao transporte e, por este motivo, foi autora de uma das matérias. 
Zenici afirmou que, em reunião com o prefeito Beto Passos, ambos acordaram em buscar uma alternativa dentro dos parâmetros legais para a apresentação do projeto. 

“Nos próximos dias estaremos apresentando novos dados e buscando juntos alternativas viáveis economicamente e legalmente. [...] É o momento de buscar mais dados e informações e, quem sabe, visitar os municípios vizinhos para ver de que forma funciona.” 


O edil Paulinho Basílio (PMDB) lamentou que o projeto não tenha sido colocado em prática desta vez, porém relatou que, como vereadores, os edis estão cientes do risco do veto. 

Basílio pediu, no entanto, que ocorra um diálogo entre os poderes para que a população possa ser informada. A vereadora Camila Lima (PMDB) também lamentou o veto, e afirmou que, como vereadora, busca plantar boas sementes “para que as próximas gerações possam colher os frutos de nossa passagem pela câmara”. 

O presidente Wilmar Sudoski (PSD) afirmou que considera nobre a causa dos projetos, porém, devido às várias interpretações legais, receberam os vetos. Sudoski, no entanto, relatou que o diálogo será retomado em parceira com o poder executivo.