Taxista, três jovens e um adolescente são presos comercializando drogas em Canoinhas

Correção: Posteriormente nos foi informado pela PM que a polícia colheu provas, inclusive através de câmeras de monitoramento, que o taxista preso junto com os suspeitos, não tem participação no crime. Ele somente foi solicitado para fazer a corrida, sendo ouvido como testemunha e liberado em seguida.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nesta terça-feira (31), por volta das 12h15, equipes da PM de Canoinhas receberam a denúncia, que jovens iriam comercializar droga (cocaína), e que deslocariam com um veículo táxi e com VW Gol até o bairro Jardim Esperança na Rua Henrique Sorg, município de Canoinhas.

Equipes da PM, juntamente com policiais da Agência de Inteligência do 3º BPM deslocaram até o local da denúncia.


No local, foi flagrada a chegada dos veículos acima citados, sendo que o condutor do VW Gol, um jovem com 21 anos de idade, desceu do veículo e entregou um invólucro branco para outro jovem com 19 anos de idade que estava no veículo táxi.


Os policiais militares realizaram a abordagem dos veículos, sendo que no VW Gol foram abordados dois jovens com 21 e 23 anos de idade, e após revista veicular, nada de ilícito foi localizado.

Já no veículo táxi encontravam-se três suspeitos, sendo o condutor, mais um jovem com 19 anos de idade e um adolescente com 16 anos de idade.


Após revista veicular, foi localizado no chão do veículo um invólucro, com características semelhantes à cocaína, fato logo confirmado por um dos suspeitos, totalizando 50 gramas da substância.

Questionado os envolvidos se havia mais drogas em suas residências, estes afirmaram que sim, tratando-se de substância entorpecente maconha.


Na residência do jovem com 19 anos de idade, após buscas, foi encontrado maconha já fracionada, totalizando 5 gramas e na residência do adolescente foi localizado, 295 gramas de maconha fracionada em 55 buchas, mais um tablete ainda não fracionado, uma balança de precisão e papel filme para embalar.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos envolvidos e conduzidos todos até a Delegacia para providências cabíveis, os quais foram entregues juntamente com um total de 300 gramas de maconha e 50 gramas de cocaína.