Operação em Rio Negrinho combate tráfico de drogas, posse ilegal de armas e outros crimes

A Polícia Civil de Rio Negrinho, por intermédio do Setor de Investigações e Capturas (SIC), deflagrou uma operação na sexta-feira (20), de combate ao tráfico de drogas, posse ilegal de armas e outros crimes.
No total, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão expedidos, pela Justiça da Comarca, em investigação que durou cerca de quatro meses.

Com a participação de quase 40 policiais civis, divididos em 15 viaturas, as ordens judiciais foram cumpridas nas cidades de São Bento do Sul e Rio Negrinho, sendo a maioria delas no bairro Vista Alegre. Três homens foram presos.

Com a participação de quase 40 policiais civis, divididos em 15 viaturas, as ordens judiciais foram cumpridas nas cidades de São Bento do Sul e Rio Negrinho/Divulgação
A operação teve início ainda na quarta-feira, quando policiais do SIC efetuaram a prisão de um investigado, de 26 anos.

Após cumprirem o mandado de prisão, decorrente de sentença condenatória definitiva por delito de roubo, a equipe realizou buscas no imóvel do preso, onde apreenderam uma porção de maconha e uma balança de precisão com resquícios de cocaína.
O acusado também foi indiciado por tráfico de drogas. .


Na manhã de sexta-feira (20), um homem, de 20 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas, no bairro Vista Alegre.

Em seu poder, os policiais encontraram uma porção de maconha, um caderno com anotações de dívidas de tráfico, dinheiro, além de um celular contendo diversos diálogos de negociação de drogas.

No bairro Campo Lençol, um homem, de 50 anos, foi preso pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e munições. Em sua residência foi apreendida uma espingarda de pressão, adulterada para calibre 22 e 31 munições, além de diversas cápsulas já deflagradas.


Dois aparelhos celulares pertencentes ao filho do preso, que é investigado por tráfico de drogas, foram apreendidos e serão periciados.
Nas outras residências os policiais também apreenderam vários telefones celulares que serão analisados para obtenção de novas provas.

A investigação ainda não foi concluída e estima-se que ocasionará o indiciamento de, ao menos, mais oito pessoas por tráfico de drogas”, explica o Delegado Gustavo Muniz.

A Polícia Civil de Rio Negrinho contou com o apoio dos policiais civis de todas as unidades de São Bento do Sul, além de Mafra, Itaiópolis, Papanduva e Canoinhas.