Presos cinco integrantes da quadrilha que assaltou dois ônibus na BR 153 em Mallet

Cinco integrantes suspeitos de fazer parte da quadrilha que assaltou dois ônibus de turistas na BR 153 na noite de sexta-feira (27), foram presos na manhã deste domingo (29), em Fazenda Rio Grande, região próxima a Curitiba.

A busca aos assaltantes começou já na madrugada de sábado, quando viaturas da PM deslocavam-se sentido Paulo Frontin, onde fariam um bloqueio, quando depararam-se com com o veículo Astra, o qual era seguido por um Renault Fluence, de cor preta, que seriam os carros usados pela quadrilha.

Presos cinco assaltantes dois ônibus BR 153
Cinco suspeitos de integrarem a quadrilha, foram presos/ Imagem: WhatsApp
Começava então, uma perseguição aos bandidos. Conforme informações da polícia, ocupantes da Fluence passaram a efetuar disparos, provavelmente de fuzil, do interior do veículo, em direção a viatura da PM, que foi revidado.

Na localidade de Rio Vermelho, o veículo adentrou em uma estrada de chão, batendo em uma porteira de madeira, seguindo em direção a um morro, onde a polícia perdeu o contato visual.

Informações dadas por moradores locais davam conta que a estrada era sem saída. O veículo Fluence, placas AWA de Curitiba/PR, foi localizado aproximadamente 200 metros acima, com as portas fechadas e apresentando pelo menos nove perfurações na parte de trás (parachoque, tampa do porta malas e vidro traseiro).

Veículo abandonado pelos bandidos. Imagem: WhatsApp
No momento em que a equipe policial se aproximou, disparos vieram da direção da mata próxima, contra os policiais. Houve troca de tiros e os bandidos fugiram mata adentro, não sendo possível mais localizá-los.

Enquanto isso, o outro veículo envolvido, Astra, seguiu pela BR 476, sentido União da Vitória, mas não passou pelo bloqueio.
Várias viaturas começaram então a patrulhar estradas viscinais.

Suspeitando que ele teria entrado em uma estrada secundária, após buscas o veículo foi localizado abandonado ao lado da Fazendinha, em uma plantação de soja, aberto e sem as placas de identificação.

Foi solicitado o apoio do Canil Central, e do helicóptero do  BPMOA, equipe de choque de Guarapuava e Canil de Santa Catarina. Os cães seguiram o rastro dos indivíduos do Astra após coletar odor no carro.
Após algum tempo, o cão Átila, do Canil de Santa Catarina, perdeu o rastro dos bandidos.

Armas encontradas com os suspeitos, na manhã deste domingo(29). Imagem: WhatsApp/PM
Enquanto isso, o cão Foltran farejava pistas dos ocupantes do Veículo Fluence.
Após horas de busca, aproximadamente 5 km mata adentro de onde o veículo foi abandonado,  foi encontrado duas mochilas:  dentro estava a placa MEJ 8360 de Curitiba do veiculo Astra, oito munições calibre 45, cinco munições intactas calibre 9 mm, um radio de comunicação e algumas peças de roupas.
As buscas continuaram pelo mato, sendo localizado uma touca balaclava.
Os integrantes também conseguiram fugir, não sendo localizados.

Somente o helicóptero Falcão e equipe do COE permaneceram nas buscas. Outras equipes retornaram para onde estavam os veículos, para serem periciados.
Após consulta das placas, o veículo Fluence, pelo sistema, dava as mesmas características, mas ao verificar o número do chassi, foi constatado que era um veículo com placa AVJ 3668, de Quatro Barras/PR.
Também foi constatado que a placa encontrada na mochila, pertenciam realmente ao Astra (veículo quente).

Os veículos foram guinchados e entregues juntamente as munições e objetos recuperados, para as devidas providências.

Após as buscas terem continuado, os cinco homens foram presos nesse domingo (29).

A prisão aconteceu após uma ação conjunta da Policia Rodoviária Federal e o Centro de Operações Especiais – COPE da Policia Civil.
Os suspeitos estavam em um veiculo Corsa , provavelmente roubado,quando foram abordados pelas equipes policiais. Foram encontradas com eles uma arma Glock 9 mm, uma Rugger 45 e um fuzil AK.
Não há informações se há mais integrantes da quadrilha foragidos.