Escola de Canoinhas recebe prêmio por trabalho de combate ao Aedes Aegypti

Foi entregue na manhã de segunda-feira (23), na FIESC, em Florianópolis, o Prêmio Educação e Saúde: 1º Concurso Escola Promotora de Saúde - Todos Contra o Aedes aegypti. 

Foram premiados alunos, professores e escolas que apresentaram os trabalhos de destaque. Da Regional de Canoinhas, alunos e a diretora Sonia Stelzner Grosskopf, da EEB Júlia Baleoli Zaniolo, participaram da cerimônia. 



Cerca de 50 mil alunos e mais de 2,6 mil professores estiveram envolvidos no concurso, em escolas de 31 Gerências Regionais de Educação (Gered).

O Prêmio Educação e Saúde teve como objetivo promover a reflexão e a construção de conhecimentos acerca da prevenção e do combate ao mosquito Aedes aegypti, da febre de chikungunya e da febre do zika vírus, articulando a temática da educação ambiental e da saúde.

EEB Júlia Zaniolo se classificou em 3º lugar do Estado na categoria “Produto de Comunicação Social: Áudio Visual” com o Projeto: "Dengue não é brincadeira: é uma doença rara e pode matar". A professora orientadora foi Ane Francelize Shulz.

Alunos:

Adriano César Ribeiro da Silva
Alisson Dal Comune
Bruno Leite Gonçalves de Paula
Dominique R. B. Kellermann
Felipe Lourenço Miranda

As três primeiras escolas, vencedoras da categoria Projeto de Trabalho Pedagógico, receberam um computador e o título de escola promotora de saúde. Os alunos e professores primeiros colocados no produto de Comunicação Social categoria impresso e, categoria áudio visual receberam um tablet e o título de promotores de saúde.