Cerca de 30 toneladas de toras de araucária foram apreendidas na BR 476, em São Mateus do Sul

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 30 toneladas de toras de araucária, árvore conhecida como pinheiro-do-paraná, na noite de quinta-feira (12). 
A carga era transportada irregularmente pela BR-476, em São Mateus do Sul/PR.

Conforme a polícia, os documentos de origem florestal apresentados pelo motorista estavam vencidos desde o dia 8 deste mês. 
O motorista, de 34 anos, assinou termo circunstanciado por crime ambiental. Ele alegou à PRF que desconhecia a irregularidade e que apenas pegou o caminhão na empresa e seguiu viagem.

Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
A carga de madeira está apreendida na unidade da PRF e será avaliada pelos técnicos do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), informou a polícia. 

Conforme o artigo 46 da lei federal 9.605, o transporte de madeira sem licença ambiental é um crime com pena prevista de seis meses a um ano de detenção, além de multa.

Ainda de acordo com a PRF, a espécie de árvore está ameaçada de extinção. 
A araucária ocupava uma área original de aproximadamente 200 mil quilômetros quadrados no país e restam hoje menos que 3% desse total, segundo a polícia.