Alunas entram em luta corporal, dentro de sala de aula, em Canoinhas

A Polícia Militar foi chamada na sexta-feira (20), às 15h00m, para atender ocorrência em estabelecimento de ensino.
Na Valdemiro Olsen, distrito do Campo da Água Verde no município de Canoinhas, havia denúncia de vias de fato entre alunas.

No local, os policiais militares conversaram com uma professora a qual relatou que as meninas, após breve discussão, entraram em luta corporal dentro da sala de aula, causando tumulto e desordem. 

Alunas em luta corporal dentro de sala de aula
Imagem ilustrativa
Diante dos fatos, as alunas foram apreendidas e encaminhadas para Delegacia Especializada, sendo que o Conselho Tutelar assumiu a ocorrência.

MAJOR VIEIRA: POSSE DE ENTORPECENTE
Na madrugada de sábado, 21, por volta das 0h45, equipes da PM de Major Vieira realizavam ações de polícia ostensiva pela Rua Francisco Santos Veiga, área central do município, quando próximo ao Posto de Saúde, abordaram o veículo Fiat Palio, placas de Major Vieira, que estava em atitude suspeita.

Ao realizar busca veicular foi encontrada uma porção de aproximadamente 2 gramas de substância semelhante à maconha, envolta em papel filme, debaixo do banco dianteiro do carona. 

Um jovem com 19 anos de idade informou a guarnição que o entorpecente era de sua propriedade e que jogou a droga debaixo do banco ao perceber a presença da viatura policial.

Soqueira encontrada com o jovem.Imagem: Polícia Militar
Ainda no interior do veiculo, no console embaixo do painel, foi localizado uma soqueira na cor preta, objeto também apreendido por ser de propriedade do jovem. 
Diante dos fatos foi confeccionado boletim termo circunstanciado e apreendido os objetos.

CANOINHAS: PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO

No sábado, 21, por volta das 22h20, equipes da PM de Canoinhas foram acionadas para a Rua Frohlinde, bairro Piedade no município de Canoinhas, para verificar uma perturbação do sossego alheio.

Ao se aproximar do local era possível ouvir o referido som alto. 
Diante dos fatos os policiais militares apreenderam o aparelho de som e confeccionaram boletim termo circunstanciado em desfavor do jovem com 22 anos de idade, proprietário da residência.