Período longo de estiagem deixa Rio Canoinhas em estado de alerta. Casan pede economia de água

Diante das altas temperaturas e da estiagem que atinge todas as regiões de Santa Catarina, a CASAN solicita à população que use água tratada da forma mais parcimoniosa possível, evitando por exemplo a lavagem de calçadas e carros com mangueiras ou manter a torneira aberta durante a lavagem de louças ou ao escovar os dentes. 

Desde maio que o volume de chuvas no Estado é considerado abaixo da média.
No Norte, a atenção é com o Rio Negro, que está com nível baixo principalmente em Mafra, onde não chove há 90 dias e a temperatura tem chegado aos 30ºC.
Sistema de captação de água/Casan/Divulgação 
Os dados mais recentes da Epagri/Ciram mostram que no mês de julho, por exemplo, choveu apenas 20% do esperado para todo o mês. Desde então a situação só se agravou, apesar de uma semana de chuva em agosto. 

Nos últimos 15 dias o cenário se agravou devido às altas temperaturas, muitas vezes superiores a 30º C, que aumentam consideravelmente o consumo de água tratada.

Alerta para os rios

A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) apontou 11 rios em situação de emergência para estiagem, nas cidades de: Forquilhinha, Meleiro, Chapadão do Lageado, São João Batista, Orleans, São Martinho, Tangará, Rio das Antas, Concórdia, Camboriú e Passos Maia.

Outros oito estão em estado de alerta, localizados em: São Carlos, Joaçaba, Tubarão, Canoinhas, Timbó, José Boiteux, Salete e Rio Negrinho.

Dicas de economia de água:

Tome banhos rápidos e feche o chuveiro ao se ensaboar. Chuveiro aberto por 15 minutos consome 135 litros de água.

Feche a torneira ao escovar os dentes e ao fazer a barba.

Não lave a louça com água corrente: passe rapidamente água nas louças, ensaboe os pratos e utensílios. Abra a torneira apenas para enxaguar.


Não lave roupa com água corrente. Trabalhe utilizando o tanque.

Só ligue a máquina de lavar louça ou a de lavar roupa com capacidade total: o consumo é igual se ela não estiver cheia.

Não use água como vassoura. Em calçadas e áreas pavimentadas, primeiro varra a sujeira, depois lave com a utilização de um balde. Com mangueira, em 15 minutos são desperdiçados cerca de 280 litros de água.

Não use mangueira, mas balde e pano para lavar o carro. E em épocas de estiagem evite lavar seu automóvel.

Reaproveite a água usada para outros fins, como lavar calçadas.

Molhe o jardim com regador, sempre ao amanhecer ou à noite, assim elas aproveitarão melhor a água. Regar as plantas nas horas quentes resulta em elevadas perdas por evaporação.

Regule a válvula de descarga: esse cuidado pode reduzir o consumo pela metade.