Insatisfação dos canoinhenses com o trânsito leva governo a contratar empresa para fazer novo estudo

Quem disse que reclamar não adianta? Depois de tanto ouvir reclamações dos canoinhenses sobre o modelo de trânsito atual, o governo municipal anunciou nessa sexta-feira (15), a contratação de empresa especializada que fará estudo sobre o trânsito de Canoinhas.

A Insight Engenharia e Consultoria tem um mês para entregar relatório ao Governo Municipal.

“O modelo de trânsito que temos em Canoinhas não agradou a população e aos usuários. Nós não podemos errar nas alterações que são necessárias e só uma empresa especializada pode nortear as tomadas dedecisões que trarão mais segurança para pedestres, veículos, ciclistas e demais pessoas que estão diariamente no trânsito”, explica o prefeito Beto Passos.

Rua Barão do Rio Branco esquina com Cel. Albuquerque. Imagem: Canoinhas Online
De acordo com o engenheiro civil e especialista em engenharia rodoviária Jurandir C. de Lyra Júnior, a empresa vai analisar o fluxo existente e as possibilidades que podem ser adotadas. 

A Insight trará equipamento que vai dimensionar e identificar o fluxo local de veículos e o fluxo vindo deoutras cidades.
A empresa foi responsável pelo estudo de tráfego devários municípios catarinenses, entre eles, Bombinhas e Governador Celso Ramos. “Assim que o relatório for entregue vamos discuti-lo e apresentar ao conselho de trânsito”, explica o vice-prefeito Renato Pike.

O secretáriode Obras, Gil Baiano, e o vereador Mario Erzinger acompanharam a assinatura.

Avenida dos Expedicionários. Imagem: Canoinhas Online
O ato faz parte da programação que o Poder Executivo está realizando para comemorar os 106 anos do Município. “Estas ações visam trazer qualidade de vida a nossa população e um trânsito seguro é fundamental para isso”, comenta Passos. 

Logo após a assinatura, o prefeito e os representantes da empresa saíram às ruas a fim de visualizar alguns dos problemas do trânsito. 

Rua Cel. Albuquerque. Imagem: Canoinhas Online
Eles foram também ao campus da Universidade do Contestado de Marcílio Dias. “A empresa vai nos apontar medidas que são necessárias para tornar a Wendelin Metzger mais segura”, enfatiza o prefeito.