Golpistas são presos por estelionato e prática de curandeirismo em Santa Catarina

A Polícia Civil  prendeu em flagrante, na última sexta-feira (01),  dois homens, de 48 e 53 anos, pelos crimes de curandeirismo e estelionato. Foram apreendidos dinheiro e produtos usados para enganar as vítimas em seus tratamentos.

De acordo com a Polícia de Guaraciaba, no oeste catarinense, os indiciados desenvolviam suas atividades na cidade e também na Comarca de Descanso.

“No município de Guaraciaba os autores atendiam no hotel da cidade, onde recebiam as pessoas e as orientavam acerca do tratamento, ocasião em que cobravam determinados valores conforme o tratamento efetivado. 
Uma das vítimas, uma cadeirante, os golpistas afirmaram para a genitora dela que ela voltaria a andar. A genitora teve que pagar R$ 1, 2 mil e como a vítima não conseguiu andar, eles cobraram mais R$ 4 mil para completar o serviço”, explica o Delegado Claudir Stang.

Imagem: Polícia Civil de SC/Divulgação
Segundo o Delegado, no entanto, as vítimas procuraram a Polícia Civil, ocasião em que os autores foram presos enquanto aguardavam o recebimento dos R$ 4 mil, no hotel. 

“Ainda foi inquirido outra vítima que disse que os autores cobraram R$ 2,7 mil para “abrir os caminhos” para que ele encontrasse a “mina de ouro”. Felizmente quando essa vítima foi levar o dinheiro para os autores, estes já tinham sido presos evitando, assim, a entrega do dinheiro”, afirma.

O Delegado disse ainda, que os autores agiam juntos e exploravam a humildade e as doenças das pessoas, criando expectativas de curas e riquezas. “Ou seja, usavam das doenças das pessoas visando sempre lucrar em detrimento alheio. 
Tecnologia do Blogger.