Atentados em Santa Catarina: várias cidades foram (e continuam sendo) alvo de criminosos

Um ônibus escolar com placas de São João Batista foi incendiado na Avenida Vereador Abrahão João Francisco (a Contorno Sul), no Centro de Itajaí, na noite desta sexta-feira (01).

Ônibus ficou completamente destruído (Foto: Fabiano Correia/NSC TV)
Segundo as primeiras informações divulgadas, homens encapuzados teriam parado o veículo em frente ao campus da Univali por volta das 19h e ordenado que os alunos saíssem. Eles teriam jogado um coquetel molotov no ônibus e fugiram.

O motorista afirmou à polícia que havia mais de 40 pessoas no ônibus, que é pago pela prefeitura de São João Batista para transportar os estudantes.O Corpo de Bombeiros foi acionado e não há registro de feridos.

Alguns ocupantes tiveram que pular pelas janelas para sair. Imagens: WhatsApp


Atentados registrados da noite de 31 até agora:

Data: 31 de agosto, às 18h30min
Local: Joinville
Ocorrência: Policial militar foi ameaçado com arma de fogo por dois homens que passaram em frente a sua residência.

Data: 31 de agosto, às 19h
Local: Criciúma
Ocorrência: Viatura que estava em uma oficina terceirizada foi incendiada.

Viatura incendiada em Criciúma. Reprodução
Data: 31 de agosto de 2017, às 21h30min
Local: Balneário Camboriú
Ocorrência: Coquetel motolov foi arremessado no prédio do Instituto Geral de Perícias.

Data: 31 de agosto, às 21h40min
Local: Criciúma
Ocorrência: Pneus foram incendiados em via pública.

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Criciúma
Ocorrência: Ponte de madeira que liga os bairros Meller e São Francisco foi incendiada. O local foi interditado pelos bombeiros. 

Ponte incendiada.Reprodução
Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Balneário Rincão
Ocorrência: Dois homens em uma motocicleta arremessaram um artefato em uma base da PM. As chamas foram contidas pelos moradores. 

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Araranguá
Ocorrência: sete veículos foram queimados no pátio de uma empresa de guinchos.

Reprodução
Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Palhoça
Ocorrrência: Um motociclista efetuou disparos de arma de fogo contra um sargento da PM. Um dos tiros acertou uma vidraça. O policial não ficou ferido.

Data: 1 de setembro, às 00h10min
Cidade: Florianópolis
Ocorrência: Dois homens em uma motocicleta fizeram 10 disparos de pistola 9mm contra a guarita da PM na rodovia Virgílio Várzea, na entrada dos fundos do Centro Administrativo do Governo do Estado. O único policial que estava no local não foi atingido.

Guarita da PM  na entrada dos fundos do Centro Administrativo do Governo do Estado.
Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
Data: 1 de setembro, às 00h20min
Cidade: Florianópolis (bairro Monte Verde)
Ocorrência: Dois homens em uma motocicleta atiraram contra uma base da PM. Foram aproximadamente oito tiros de calibre 380.

Data: 1 de setembro, às 00h26min
Cidade: Criciúma
Ocorrência: Dois homens atearam fogo na prefeitura. Eles quebraram uma janela e invadiram o local. O vigia conteve o fogo, mas uma das salas ficou destruída.

Data: 1 de setembro, às 00h29min
Cidade: Balneário Arroio do Silva
Ocorrência: Criminosos atiraram contra uma delegacia.

Data: 1 de setembro, às 2h10min
Cidade: Balneário Gaivota
Ocorrência: Base da PM foi incendiada. 

Base de veraneio da PM em Balneário Gaivota foi totalmente incendiado (Foto: Bombeiros/Divulgação)
Data: 1 de setembro, às 4h30min
Cidade: Camboriú
Ocorrência: Dois homens em uma moto renderam o vigilante da secretaria de obras da prefeitura. Eles abriram o tanque de um carro, quebraram o vidro e atearam fogo no veículo. 

Veículo oficial da Prefeitura de Camboriú. Imagem: WhatsApp
Data: 1 de setembro, às 4h30min
Cidade: Navegantes
Ocorrência: Um carro foi incendiado no bairro São Domingos. O veículo estava estacionado na rua. Testemunhas disseram ter visto um homem sair correndo no momento em que começaram as chamas. Incêndio foi controlado pela polícia.

Carro foi queimado em Navegantes (Foto: Bombeiros/Divulgação )
Data: 1 de setembro, às 5h030min
Cidade: Tubarão
Ocorrência:  Três disparos atingiram o prédio do Fórum de Tubarão, porém, o ataque só foi descoberto no começo da tarde desta sexta (01), quando começou o expediente no local.

Fórum de Tubarão. Imagem: WhatsApp
Atualização: 01/09 - 21h50 - EM ANDAMENTO / TROCA DE TIROS

A Polícia Militar atua neste momento na região da baixada, no bairro Boa Vista, em Criciúma.
Uma barricada foi montada na rua Silvino Rovaris a fim de emboscar os policiais. Guarnição da Rocam e PPT no local.
Houve intensa troca de tiros. A ocorrência segue em andamento com várias visturas no local. Nenhum policial ficou ferido.

Ocorrência em andamento em Criciúma. Imagem: WhatsApp
A Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina recusa entrevista sobre ataques e emite nota oficial.

Confira um trecho da nota:

O governo do Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Estado da Segurança Pública vem reafirmar as diretrizes das Instituições vinculadas ao Sistema de Segurança Pública, que permanentemente zelam pela ordem pública para a manutenção da paz social.
As forças de segurança estão em prontidão e atuando permanentemente no combate aqueles que buscam aviltar a tranquilidade da família catarinense por meio da violência desmedida contra aparelhos e agentes públicos na figura odiosa de ataques indiscriminados que beiram o terrorismo.
As ações que vêm ocorrendo estão sendo acompanhadas com o rigor devido e a resposta será a altura das agressões, no tempo adequado e nos parâmetros legais.