WestRock tem intenção de expandir a fábrica de Três Barras

No início do mês, os vereadores de Três Barras foram consultados para a disponibilização do RIMA – Relatório de Impacto no Meio Ambiente, referente à WestRock, multinacional do setor de papel e embalagens de papelão ondulado instalada no município.

Imagem: Beverage
O documento é uma das etapas preliminares e obrigatórias quando se tem a intenção de implementar um novo projeto ou expansão. A partir dele a comunidade é convidada a discutir e contribuir com informações em futura audiência pública.

A publicação foi apresentada aos vereadores durante uma reunião realizada no dia 04, que contou com a presença dos representantes da WestRock, José Savinski Junior, gerente de relações governamentais e Cinara Coelho, analista de comunicação, onde solicitaram autorização para que a Câmara de Vereadores seja um dos quatro locais públicos em que o RIMA estará acessível, além do próprio site da FATMA – Fundação do Meio Ambiente.

Uma das etapas preliminares e obrigatórias quando se tem a intenção de implementar um novo projeto ou projeto de expansão, é obter a Licença Ambiental Prévia (LAP) pelo órgão ambiental competente.

Em alguns casos, para obtê-la, a empresa deve realizar um estudo técnico completo sobre a viabilidade ambiental do empreendimento, denominado EIA-RIMA (Estudo de Impacto Ambiental – Relatório de Impacto no Meio Ambiente).

Nos últimos meses uma equipe multidisciplinar da companhia trabalhou para elaborar e submeter à FATMA – Fundação do Meio Ambiente, órgão que regula o setor ambiental no estado de Santa Catarina, para uma possível futura Expansão da Fábrica de Três Barras.

Vereadores de Três Barras recebem o estudo de impacto ambiental / Divulgação
O objetivo da publicação é dar ampla divulgação das conseqüências de sua implantação, considerando os seus impactos positivos e negativos, as medidas mitigadoras e compensatórias, e suas formas de acompanhamento e monitoramento por meio de programas ambientais.

Após 45 dias da publicação do relatório RIMA pela FATMA, será realizada a Audiência Pública para ouvir a opinião da população. O parecer da FATMA pode ser válido por até 5 anos.

A execução do referido estudo, a audiência pública, bem como a aprovação pela FATMA, não significam, em absoluto, que o Projeto de Expansão esteja aprovado pela sede da companhia.

Tecnologia do Blogger.