Secretaria de Saúde de Canoinhas diz que houve ampliação no atendimento e redução de filas

A Secretária de Saúde de Canoinhas, Alexandra Lavina Iglikowski, apresentou um relatório sobre as atividades desenvolvidas pela secretaria, onde destaca  a ampliação do atendimento nas unidades básicas de saúde, mutirão de cirurgias eletivas, atualização da relação municipal de medicamentos, gestão da Unidade de Pronto Atendimento, capacitações e treinamentos.

A redução das filas de espera por meio do “Agendamento por Acolhimento” na Policlínica, Unidade Básica Central, Alto das Palmeiras, Piedade, Campo D’Água Verde e Cohab I foi um dos mais significativos avanços que tivemos. “Já está prevista a expansão nos próximos meses”, assegura.

Redução de filas, ampliação de atendimento e cirurgias eletivas
Policlínica Municipal/Arquivo
Sobre os medicamentos, Alexandra lembra que o Município tem obrigação na aquisição de medicamentos da Relação Municipal de Medicamentos (REMUME) que contempla 219 itens. “A lista foi atualizada neste ano por técnicos da área.

Para medicamentos esporádicos ou quando há problemas na entrega de produtos, firmamos contrato com uma farmácia local. De modo que não há falta de medicamentos da nossa lista obrigatória”, explica.

Um grande passo foi dado na gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas), em parceria com o hospital e rede de urgência e emergência: “que neste ano conta com diretor técnico, ampliação do sobreaviso das especialidades e de laboratório de análises clínicas, implantação de protocolos para monitoramento dos atendimentos e aproximação com a equipe de trabalho”. 

Com as mudanças no horário das unidades de saúde, que passou a ser das 7h às 17horas, com o teste seletivo em caráter emergencial para contratação de médicos, “ampliamos o atendimento nas unidades básicas de saúde”. 

A Unidade Básica Central possibilitou a ampliação dos atendimentos às famílias moradoras dos bairros não contemplados por unidades de saúde, assim como, para os moradores da região interiorana.

Cirurgias eletivas

Por meio de parcerias com o hospital, foram realizadas 77 cirurgias eletivas pelo Estado. 
O Município assumiu o compromisso com os usuários do Sistema Único de Saúde, por meio do Mutirão de Cirurgias Eletivas pelo Município, e realizou 102 cirurgias totalizando 179 procedimentos até 31 de julho.

E mais

“Realizamos capacitações e treinamentos dos funcionários da saúde na área de informática, saúde mental, puericultura, Vigilância Sanitária (VISA), marco regulatório, dentre outros”, complementa Alexandra. 

A Secretaria realizou a elaboração e implantação de protocolos das próteses dentárias e sobreaviso odontológico e confecção de 86 próteses dentárias.

A equipe da VISA foi reestrutura com a aquisição de um veículo exclusivo para este setor. A Saúde também está disponibilizando quatro veículos que foram locados para atendimentos aos usuários do SUS. “Efetuamos ainda a regulamentação do Programa Psicossocial para Crianças e Adolescentes que há mais de uma década o Ministério Público nos cobrava”, destaca. 

Outro reordenamento interno em destaque foi a implantação da Central de Regulação para controle e liberação de consultas e exames, assim como, descentralização do agendamento de transporte dos pacientes.

“A saúde em Canoinhas tem muito para avançar, principalmente na Atenção Básica que atualmente conta com 42%, mas a intenção é buscar diariamente meios para garantir atendimento humanizado e organizado através dos serviços e equipe disponível”, afirma.