Privatização da BR 280 será entre Porto União e São Francisco do Sul, passando por Canoinhas e Mafra

O Governo Federal autorizou o repasse de 17 rodovias para a iniciativa privada, por um período de 30 anos através do decreto nº 9.117, publicado no Diário Oficial da União na segunda-feira (07).

Está prevista a concessão da BR-280, do Porto de São Francisco do Sul até Porto União e a inclusão da SC-418 -Serra Dona Francisca- e da SC-108 -Rodovia do Arroz- no mesmo pacote.

BR 280 entre Canoinhas e Porto União. Imagem: Radio Colmeia AM
O estudo prevê a instalação de cinco a seis praças de pedágio nos 376 quilômetros que compõem o sistema da BR-280, que também inclui as duas rodovias estaduais.

Em uma simulação inicial, elas ficariam todas na BR-280, mas essa configuração ainda deve mudar, sendo possível pelo menos uma praça ficar na SC-108 ou SC-418.

Em um levantamento preliminar, a tarifa está orçada em R$ 0,17 por quilômetro, o que resultaria em um preço de pedágio entre R$ 5 e R$ 6 para cada praça, de acordo com a distância entre elas.

Supondo que sejam criadas 6 praças de pedágio a R$ 6,00 cada uma, o motorista que sair de Porto União à São Francisco do Sul, com veículo de passeio, irá pagar R$ 36,00 ou R$ 72,00 no caso de ida e volta.

Imagem: A Notícia
Esse valor pode mudar porque o estudo ainda não foi concluído e prevê um volume de investimentos muito grande nos primeiros anos de concessão.

Durante os 30 anos de concessão estão previstos investimentos de R$ 200 milhões na SC-108, R$ 350 milhões na SC-418 e mais R$ 2,7 bilhões na BR-280. Os valores tem referência 2016.

Com informações do Diário Catarinense

Tecnologia do Blogger.