PM monta forte esquema para encontrar os assassinos do policial militar canoinhense que foi morto em Joinville

A PM encontrou o carro usado na fuga pelos suspeitos de matarem a tiros um policial militar em Joinville, ainda na noite de segunda-feira (28).
O veículo foi encontrado em chamas.

Imagens da câmera de segurança do local do crime/WhatsApp
Após a morte do cabo da Polícia Militar, Joacir Roberto Vieira, 43 anos, foram realizadas várias ações para localizar e prender os autores do crime.

Estabelecimento comercial onde estava o cabo Joacir Roberto Vieira. Imagem: WhatsApp
Operações policiais ocorreram em toda cidade, porém as se concentraram na Zona Sul de Joinville. O alvo principal foi o loteamento Juquiá, que fica no bairro Ulysses Guimarães, região onde o carro utilizado na fuga dos suspeitos foi encontrado.

Carro incendiado foi encontrado ainda na noite de segunda (Foto: Reprodução/NSC TV)
Várias barreiras foram montadas, diversos veículos e residências foram abordadas. Durante buscas, um homem fugiu ao perceber a aproximação policial e tentou se escondeu dentro de uma residência.

Ele foi alcançado, recebeu voz de prisão e foi identificado como Alisson de Oliveira Padilha, 19 anos. No interior da casa foram localizados um revólver Rossi calibre 22 com sete munições intactas, sete rádios comunicadores e uma certa quantia em dinheiro. No quintal do imóvel ainda estava uma motocicleta Honda CG, na cor vermelha, sem placa e com o chassis raspado.

No bairro Itaum, policiais abordaram Jackson Kelvin dos Santos Alves, 19 anos. Com ele, foram encontradas duas munições para espingarda calibre 12. Ainda na Zona Sul, a polícia deteve Róger Roberto Almeida da Silva, 24 anos. Ele estava de posse de uma bucha de maconha e uma munição para revólver calibre 38.

Na casa foi localizado R$ 2.4 mil, um torrão de maconha, dois comprimidos de ecstasy, três rádio automotivos, uma chave de veículo da marca Fiat de procedência duvidosa.

Na rua Iririú, na Zona Leste, policiais que estavam de folga desconfiaram atitude dos ocupantes de um taxi. Um casal que estava no interior do carro foi localizadas 112 buchas de maconha embaladas e prontas para a venda, 500 gramas de maconha, 01 pedra crack pesando 33 gramas, 45 pedras de crack embaladas e prontas para a venda, uma balança de precisão e uma certa quantia em dinheiro.

Equipamentos apreendidos pela PM durante as ações. Imagem:Gazeta de Joinville
A droga estava escondida no porta malas do veículo. Fabiano Barbosa, 38 anos e Rosimara Ferreira, 39 anos, foram encaminhados para a Central de Polícia e vão responder pelo crime de tráfico de drogas. 

De acordo com a Polícia Militar, as ações foram realizadas durante toda madrugada e não tem data para encerrar.
Na tarde desta terça-feira, a polícia iria ouvir novas testemunhas.

O delegado Fabiano Silveira afirmou que a motivação do crime não está esclarecida: "Nenhuma alternativa nas linhas de investigação que a gente está deflagrando neste momento é excluída por ora. Todas as linhas vão ser consideradas. É muito cedo e prematuro para a gente, ainda fazendo o trabalho de exame pericial do local, dar com uma segurança qualquer linha nesse sentido".