PM Ambiental de Canoinhas participa de treinamento com BOPE de Florianópolis

Com o propósito de aprimorar a qualidade técnica dos policiais da 3º Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, bem como dos policiais militares do 3º Batalhão de Polícia Militar, ocorreu em Canoinhas nos dias 10 e 11/08/2017, um treinamento de patrulhamento rural, com policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Florianópolis.

Imagem: PM Ambiental de Canoinhas
Segundo o Major PM Christopher Rudolf Froehner, comandante da 3º Cia/2ºBPMA, o treinamento surgiu da necessidade de melhorar a operacionalidade técnica no trabalho diário das guarnições operacionais da policia militar ambiental de Canoinhas.

 Também houve a necessidade de capacitar policiais militares do 3º BPM, para atuarem em conjunto no combate a novas modalidades de crimes atualmente chamados de ‘novo cangaço’ e `cangaço noturno´ que se caracterizam por assaltos violentos a agências bancárias geralmente do interior do estado.

O treinamento tem como frente de trabalho instruções teóricas e práticas sobre técnicas de ações imediatas em ambientes rurais.

Dentre as disciplinas aplicadas estão Combate em Ambiente Rural, Patrulha Rural Motorizada, Formações e Progressões no terreno, Técnicas de Rastreamento e Contra-rastreamento, Busca e Varredura, Contra Emboscada, Técnicas de Tiro Avançadas e Técnicas de Busca.

A parte teórica foi ministrada na sede da 3ºCia/2ºBPMA, e a prática nas dependências do 3º BPM e na Floresta Nacional de Três Barras/SC.

O treinamento aconteceu com policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Florianópolis/Divulgação

“Esse curso visa melhorar a qualificação e a integração dos integrantes da policia militar ambiental de canoinhas e dos policiais integrantes do 3º BPM para as operações em ambientes rurais, bem como ampliar a capacidade técnica dos policiais, contribuindo assim para uma padronização das atividades e, consequentemente, melhorar os serviços prestados à sociedade.

Além é claro, de reduzir os riscos aos quais os policiais militares se expõem nesse tipo de ação policial”.

Tecnologia do Blogger.