Câmara de Papanduva aprova Projeto de Lei que obriga porta giratória em estabelecimentos financeiros

A Câmara Municipal de Papanduva aprovou na sessão de quinta-feira (17) o Projeto de Lei nº 024/2017 que torna obrigatória a instalação de porta giratória com detector de metais nos estabelecimentos financeiros de Papanduva.

O projeto sugerido pelo Vereador Cezar Santos (Cezinha) visa obrigar os estabelecimentos financeiros a efetuar a colocação de portas giratórias com detector de metais para maior segurança dos usuários e munícipes, pois a ferramenta de segurança evita e diminui a incidência de assaltos nestes locais.

 A ferramenta de segurança evita e diminui a incidência de assaltos nestes locais.
Imagem ilustrativa
De acordo com o projeto, “um estudo realizado pela Federação Brasileira de Bancos - Febraban, comprovou a eficácia das portas com detector de metais na segurança das agências bancárias, desde o início da sua utilização no país, no final dos anos 90. De 2000 a 2010, o número de ocorrências de assaltos a bancos caiu de 1.903 para 369 em todo o país, o que representa queda 80,16% nos registros de assaltos. 

A estatística também aponta que em 2011, quando o Itaú retirou portas giratórias na reforma de muitas agências e o Bradesco inaugurou unidades por conta do fim do convênio do banco postal com os Correios, o número de assaltos cresceu 14,36% em relação ao ano anterior”. 

O projeto de lei foi aprovado com a adição de emenda modificativa sugerida pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final que alterou a redação original da proposta onde dizia ‘estabelecimentos bancários’ passando a ser ‘estabelecimentos financeiros’.

Assim entendem-se como estabelecimentos financeiros abrangidos pela Lei: os bancos oficiais ou privados, caixas econômicas, sociedades de crédito, associações de poupança, suas agências, postos de atendimentos, subagências e seções, assim como cooperativas singulares de créditos e suas respectivas dependências.