Medicamento Captopril tem 10 lotes suspensos pela Anvisa

Captopril, cuja principal indicação é para tratamento de hipertensão arterial e alguns casos de insuficiência cardíaca, teve 10 lotes suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Captopril 25 mg, do Laboratório Farmacêutico de Pernambuco (Lafepe) teve lotes suspensos pois de acordo com a Anvisa, foram identificados problemas no teor do princípio ativo.


Os comprimidos apresentaram quantidade do princípio ativo (dissulfeto de captopril) diferente do padrão. 

Pacientes que estiverem utilizando algum dos lotes suspensos devem trocar o produto, segundo recomendação da Anvisa.

Para isso, devem acionar o serviço de atendimento do laboratório ou consultar o médico para avaliar a alteração do tratamento. 

Lotes suspensos:

15081401 (validade: agosto/2017)
15081402 (validade: agosto/2017)
15081403 (validade: agosto/2017)
15090230 (validade: setembro/2017)
15090231 (validade: setembro/2017)
15090232 (validade: setembro/2017)
15121446 (validade: dezembro/2017)
16030251 (validade: março/2018)
16030254 (validade: março/2018)
16030255 (validade: março/2018)

Outros lotes do produto feitos pelo Laboratório Lafepe seguem liberados.