Prefeituras de Canoinhas e Três Barras discutem descarte inadequado de lixo


O descarte inadequado de lixo foi pauta de reunião na semana passada entre as prefeituras de Canoinhas e Três Barras.

Preocupados com a poluição ocasionada por moradores que jogam lixo na divisa entre os dois municípios, nas proximidades da ponte de Marcílio Dias, o secretário de Meio Ambiente, Hilário Kath e o supervisor Adinor da Silva foram até Três Barras para conversar com o prefeito Luiz Shimoguiri.

 Lixo é retirado de área próxima a ponte que divide os distritos de São Cristóvão e Marcílio Dias-Rodrigo Melo/Divulgação
“Com as fortes chuvas ocorridas nos últimos dias havia um grande perigo desse lixo ir todo para o Rio Canoinhas. Ficamos preocupados e com o nosso rio e por isso fomos falar com o prefeito”, explica Kath.

Há alguns dias atrás foram realizadas ações de limpeza das cabeceiras do rio em ambos os lados.

O intendente distrital Jacob Scheuer lamentou o péssimo hábito das pessoas jogarem lixo em locais impróprios, principalmente, em áreas próximas a rios. “Falta consciência, educação e respeito ao meio ambiente”, reclamou.

Scheuer disse ainda que “se cada um fizer a sua parte, a cidade ganha em limpeza e organização”.

O secretário do Meio Ambiente de Canoinhas, Hilário também lembrou que " o descarte inadequado é crime ambiental conforme a LEI Nº 9.605 e o autor é sujeito à multa ou reclusão” e que haverá maior rigor na fiscalização para tentar descobrir os autores do descarte inadequado.

Tecnologia do Blogger.