Jaraguá do Sul já tem duas mortes por Gripe A


A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul, confirmou a primeira morte por gripe A, tipo H3N2, na região Norte de Santa Catarina, no dia 11 de abril.

Um homem de 58 anos morreu no Hospital e Maternidade Jaraguá. Ele era portador de doença crônica.


Agora foi uma jovem de 19 anos, moradora da cidade. Ela foi internada no último dia 5 de junho e morreu no dia 10.

A causa da morte, de acordo com o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), foi por Influenza A tipo H3.

De acordo com Dalton Fernando Fischer, diretor de vigilância em saúde, a paciente não tinha nenhuma comorbidade, que é quando o paciente já tem uma doença que predispõe a desenvolver outras doenças ou agravar os sintomas.

Santa Catarina já registrou outras 16 mortes por Gripe A  no estado.

A doença

A influenza, normalmente conhecida como gripe, é uma doença grave que causa danos à saúde das pessoas há muitos séculos. 

Existem três tipos de vírus influenza: A, B e C. Os vírus A e B apresentam maior importância clínica. Estima-se que, em média, o tipo A causa 75% das infecções, mas em algumas temporadas, ocorre predomínio do tipo B. 

Os tipos A e B sofrem frequentes mutações e são responsáveis pelas epidemias sazonais e, também, por doenças respiratórias com duração de quatro a seis semanas.

Em geral, essas são associadas ao aumento das taxas de hospitalização e de mortes por pneumonia, especialmente em pacientes que apresentam doenças crônicas e fatores de risco. 
O vírus C raramente causa doença grave.

Tecnologia do Blogger.