Clínica da Mulher agora é Unidade Básica de Saúde Central


Desde o mês passado, a antiga Clínica da Mulher e da Criança passou a chamar-se “Unidade Básica de Saúde Central”.
Este reordenamento da Saúde em Canoinhas acompanha movimento nacional.

Clínica da Mulher e da Criança agora é Unidade Básica de Saúde Central - Divulgação
Desde 2011, o Ministério da Saúde vem exigindo estas alterações que estão sendo implantadas para melhorar o atendimento à população. “Estamos seis anos atrasados”, lembra Alexandra. 

Quem vive na área central, nos bairros Alto da Tijuca, Tricolin, Sossego, Boa Vista, quem mora no Salto e em outras localidades não tinha uma unidade básica de saúde como referência. 

Com o reordenamento, esta realidade muda. Canoinhenses destes locais estão sendo atendidos na Unidade Básica de Saúde Central desde maio. 

A unidade também é referência para quem vive no interior. Na área rural do município, o médico atende somente uma vez por semana. “Como o paciente não escolhe a hora de ficar doente, agora temos esta unidade central para este público”, explica Alexandra. 

Os moradores do interior podem ser atendidos nesta unidade central que dispõe de três médicos (clínico geral), uma enfermeira, cinco técnicos de enfermagem e dois profissionais de suporte. 

Além disso, é possível fazer na unidade o teste do pezinho, vacinação, curativos, encaminhamento para mamografia, aferição da pressão arterial, inalação, exame preventivo para câncer de colo de útero, aplicação de injetáveis e demais procedimentos de enfermagem, além de consultas com a enfermeira e distribuição de métodos contraceptivos. 

Quem pode ser atendido na Unidade Básica Central:  pessoas de todas as faixas etárias que vivem em áreas não cobertas pelas equipes do Programa de Estratégia de Saúde da Família, canoinhenses que vivem no interior e recém-nascidos que precisam fazer o teste do pezinho.

Serviços oferecidos:

• Consulta com médico clínico geral;
• Consulta de enfermagem;
• Teste do pezinho;
• Vacinação;
• Curativos;
• Encaminhamento para mamografia;
• Aferição da pressão arterial;
• Inalação;
•´Exame preventivo para câncer de colo de útero;
• Aplicação de injetáveis;
• Procedimentos de enfermagem;
• Distribuição de métodos contraceptivos;
• Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças entre zero e cinco anos.

Outros reordenamentos

A Secretaria de Saúde vem sendo reestruturada em vários setores e não somente na Policlínica ou na Unidade Central. E desde o início de 2017 as mudanças estão sendo percebidas em vários locais.

Os reeducandos da Unidade Prisional Avançada (UPA) não precisam ser retirados com a mesma frequência da unidade porque agora Canoinhas e o município de Três Barras disponibilizam médico para os internos garantindo a segurança de quem usa as unidades de saúde do município como a Policlínica. 

“Ressalto que as alterações estão pautadas por critérios técnicos da equipe e por exigências do Ministério da Saúde. Sabemos que toda mudança gera desconforto inicialmente e estamos avaliando tudo constantemente. 
Se tivermos problemas poderemos rever estas situações”, encerra Alexandra.