Motorista que causou acidente com seis mortes é indiciado por homicídio


Conforme a Polícia Civil, o motorista  tinha consciência que estava sem freio e conduzindo um caminhão carregado e pesado.

A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira (26), que o motorista suspeito de ter causado o engavetamento na BR 277 e que matou seis pessoas, foi indiciado por homicídio doloso ( aquele no qual o agente quis ou assumiu o risco de matar alguém).

Motorista que provocou o acidente alegou que ficou sem freios. Imagem: PRF Divulgação
O acidente que envolveu três caminhões e cinco carros, também deixou três pessoas feridas.

Os feridos que estavam internados no Hospital do Rocio, em Campo Largo, receberam alta médica na manhã desta sexta-feira (26).

Segundo o que foi conversado com peritos, o caminhão estava com uma carga de milho, totalmente carregado.

O motorista estava com os freios da carreta totalmente suspensos, quer dizer que não havia freio nenhum.

Ele tinha consciência que estava sem freio e conduzindo um caminhão carregado e pesado. Aliado a isso, a alta velocidade", explicou o delegado Cassiano Aufieiro.

Veículos envolvidos

Duas mortes foram confirmadas em uma Land Rover Discovery, com placas de Curitiba; mais duas em um VolksWagen Gol, com placas de Francisco Alves; e outras duas em um Ford Escort SW, com placas de Florianópolis e inscrição da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).
O quarto carro é um Chevrolet Cobalt, com placas de Balneário Camboriú.

Os caminhões envolvidos são: um Volvo FH12 380, com placas de Cantagalo; um MB Axor, com placas de Itajaí; e um Volvo FH12 440, com placas de Curitiba.

O motorista segue preso na delegacia de Campo Largo. Em audiência de custódia o juiz vai determinar se ele fica preso ou não.

Atualização em 27/05-20:30  O motorista Jeferson Eduardo Borsato, 31 anos, pagou fiança de R$ 18.740 e deixou a Delegacia de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba.

Na audiência de custódia, o juiz Marcos da Cunha Araújo concedeu liberdade provisória ao motorista. Além do pagamento da fiança, houve suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), não mudar de endereço e comparecer em todas as audiências.


Tecnologia do Blogger.