Homem é atingido por descarga elétrica, dentro de casa, no Paraná


O incidente ocorreu na sexta-feira (19), dentro da residência da vítima, de 32 anos, em Terra Rica, no noroeste do Paraná.

Quando sofreu a descarga elétrica, o homem estava dentro de casa, na Vila Barbosa, perto de um telefone celular que estava carregando, de acordo com o Hospital Municipal de Terra Rica.

Muitos raios caiam na região no momento do incidente

A vítima foi socorrida pelos familiares e levada a um hospital local. Depois foi transferida pelo Samu - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para a Santa Casa de Paranavaí, onde permanece internada. A enfermeira chefe do hospital, Marili Vasconcelos Gomes, diz que o homem chegou inconsciente.

Na manhã deste sábado (20), a Santa Casa de Paranavaí informou que o paciente continua internado no Pronto Socorro. O homem está entubado e seu estado de saúde é considerado grave.

Perigos em casa
Nas residências, os tipos mais comuns problemas decorrentes da queda de raios estão justamente ligados ao uso de eletrônicos. 
Embora descargas elétricas não costumem atingir uma pessoa protegida dentro de casa, elas podem chegar por meio de instalações elétricas ou telefônicas. 

Isso acontece, normalmente, quando a rede elétrica é atingida por um raio, fazendo com que a tensão da fiação aumente e gere uma sobrecarga no sistema.

Apesar de não agir diretamente sobre o indivíduo protegido em seu lar, um perigo real é a descarga elétrica atingir uma pessoa por meio desses eletrônicos. 
Os casos mais comuns ocorrem quando a vítima está conversando em um telefone com fio e um poste ou a rede é atingida pela descarga elétrica, que se propaga pela linha telefônica. 
Além disso, a alta tensão pode chegar por aparelhos conectados à rede elétrica, como celulares no carregador.

Por isso, recomenda-se sempre desligar os aparelhos na tomada quando uma forte tempestade se aproxima, pois a variação de energia elétrica pode fazer com que a sua TV, computador ou até mesmo celular queime.
Deixe para carregar seu celular em outro momento. A vida é mais importante!